Só sei que nada sei…

Ser mãe faz com que nos deparemos, às vezes, com a máxima filosófica de Sócrates: “só sei que nada sei!”. Quantos não são os dias em que vamos dormir com a sensação de que não sabemos exatamente o que fazer com o comportamento de um dos filhos? Parece que não encontramos solução… Mesmo porque cada filho é diferente e o que funcionou com um deles não funciona com o outro.

É preciso parar e pensar, sem receio de admitir, que a solução não é muito simples. Ninguém jamais falou que educar seria fácil. Ainda mais se houver algum momento de transição ocorrendo na família, se um dos pais está se ausentando mais por motivos de trabalho e viagens, se a família está se adaptando a um novo lulgar, uma nova cidade, se a escola é nova, se os amigos ficaram longe ou ainda haveria tantos outros motivos que balançam a estabilidade da família, da rotina e, por conta disso, interferem no comportamento das crianças.

Falo tudo isso, porque meus filhos têm sentido toda a transição que estamos passando como família. Estou trabalhando fora, meu esposo está trabalhando em outra cidade e eles ficam parte do tempo com nossa empregada e com meus pais. Precisei estabelecer as “regras da rotina das manhãs” – momento em que estou no trabalho, para que eles se baseassem e seguissem, com o auxílio da empregada. Para que também sentissem de alguma forma, naquela lista de afazeres diários, que estou representada neles. Foi um acordo que escrevemos os três: eu e meus dois meninos.

Além disso, temos uma bebê que requisita bastante meu tempo quando estou em casa. Portanto, é perfeitamente compreensível que os outros meninos sintam ainda mais a minha falta… Além de estar trabalhando, quando estou em casa, estou cuidando da pequenina. “Como é difícil ter que dividir a atenção de minha mãe” – deve ser o pensamento deles.

E é nessa circunstância que meu coração de mãe sente insegurança pela boa e firme educação que gostaria de transmitir aos meus filhos. Será que estou no caminho certo? E porque nada sei, só me resta colocar minha esperança naquele que nunca me desamparou. Não consigo imaginar uma forma para educar crianças hoje em dia que prescinda de Deus. Só Ele poderá me ajudar, em meio a tantas adversidades e transições. Só a sabedoria que vem do alto poderá preencher o vazio que a insegurança diante do futuro provoca em meu coração de mãe…

Como é bom ter fé. Ainda bem que tenho em quem depositar minha esperança! É Ele que me inspira que é preciso paciência, especialmente levando em conta – como já disse –  as circunstâncias vividas em cada momento. É Ele também que me ensina que é preciso firmeza! Às vezes um comportamento “mal educado” da criança é justamente um “pedido de atenção” – você não vai me corrigir?  – Parece que a criança quer ouvir um “não” de nossa parte, um limite e, neste limite, ela vai reencontrar a segurança que em algum momento se perdeu quando ela teve que “dividir” seus pais com os irmãos ou com o trabalho deles… Paciência e firmeza!

Quando, então, sinto que nada sei, recolho-me em oração e deixo-me restaurar em Deus e recarrego minha convicção naquilo que sempre acreditei. Deus tudo sabe! Deus tudo pode! E é Ele quem me ajuda a ter paciência e firmeza no amor a meus filhos.

Boa semana!

Cristiane

Anúncios

Sobre Cristiane

Cristiane é casada há 12 anos, tem 2 filhos e 1 filha. Atuante na Igreja desde sua juventude, participou de grupos de jovens (em Marília e Campinas, SP), Pastoral Universitária (em Campinas, SP) e Pastoral Familiar (em Niterói, RJ). Formada em Letras e Linguística, no momento trabalha como revisora de livros e artigos e como professora de redação.
Esse post foi publicado em Pais+Filhos. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Só sei que nada sei…

  1. Mariana Escobar disse:

    Lindo, verdadeiro e coletivo… vale para todas nós Mães, que vivemos da mesma maneira ! Parabéns, ao dividir suas impressões, você também nos conforta, deixando-nos perceber que todos temos as mesmas dificuldades. Obrigada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s