Só amamos o que conhecemos

Já repararam como gostamos de ouvir algumas músicas que marcaram de alguma forma nossa vida? Músicas “conhecidas” que nos remetem a acontecimentos felizes ou nos fazem lembrar de filmes, personagens carismáticos ou que tocam com mais frequência na rádio e, por isso, nos acostumamos e até decoramos a letra? Por outro lado, se nunca uma pessoa teve a oportunidade de conhecer músicas clássicas, se nunca foi exposta a esse gênero musical, jamais saberá apreciá-lo… Só amamos o que conhecemos. É com tristeza que vejo a geração jovem de hoje muito acostumada a ouvir apenas alguns gêneros musicais – alguns, na minha opinião, nem são musicais, mas isso não vem ao caso aqui…

Na vida espiritual acontece o mesmo. Na homilia de Corpus Christi o sacerdote explicava que só amamos o que conhecemos, referindo-se à Eucaristia e à celebração da missa. Dizia ele que, se alguém aparece numa missa sem nunca ter feito uma catequese, vai achá-la entediante e demorada, não vai entender a beleza da celebração e muito menos vai conseguir apreciá-la.

Então pensei nas crianças pequenas, que ainda não compreendem a missa e por isso ficam olhando no relógio a cada dez minutos para ver se a missa está acabando… É o caso do meu filho de 7 anos e de tantas outras crianças! É preciso ter paciência com eles, sabendo que, um dia, entenderão melhor e poderão acompanhar e participar da liturgia com amor. É preciso também ir ensinando aos poucos, na medida do entendimento deles, o que fazemos ali e que é preciso respeito às pessoas que estão rezando e ao sacerdote que está falando, procurando fazer silêncio e seguindo os gestos de cada momento (ficar em pé, ficar sentado, ficar de joelhos…).

Se queremos que nossos filhos cresçam na fé, temos que introduzi-los nas coisas de Deus, ainda que isso leve tempo. O que não podemos é desistir, já que hoje não entendem. Não, isso não. Qua a “boa música do céu” sempre toque em nossas casas, em nossas vidas, em nossas orações!

Abraço a todos,

Cristiane

Anúncios

Sobre Cristiane

Cristiane é casada há 12 anos, tem 2 filhos e 1 filha. Atuante na Igreja desde sua juventude, participou de grupos de jovens (em Marília e Campinas, SP), Pastoral Universitária (em Campinas, SP) e Pastoral Familiar (em Niterói, RJ). Formada em Letras e Linguística, no momento trabalha como revisora de livros e artigos e como professora de redação.
Esse post foi publicado em Pais+Filhos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s