Cansada do senso comum

Preciso desabafar: estou cansada do senso comum. Cansada das frases feitas, repetidas diariamente pelas pessoas – conhecidas e desconhecidas – nos mais variados ambientes. É um tal de expressar “meias-verdades” ou – pior – inverdades com tom de sabedoria! Realmente estou cansada… E, se tento argumentar, recebo de volta um olhar fulminante do tipo: como assim? Você não pensa assim? Você não concorda? Em que mundo você vive?

Um pensamento do senso comum que me incomoda muito ultimamente é sobre o número de filhos. Porque tenho três, recebo conselhos das mais variadas pessoas – íntimas ou não! – do tipo: “agora chega, né?”, “fechou a fábrica?” “Dois meninos e uma menina é o bastante, né?” É muito provável que eu não tenha mais filhos – acabei de completar 40 anos…, mas este senso comum com tom de autoridade querendo barrar a expressão de minha fertilidade como se eu tivesse feito ou estivesse fazendo algo errado é muito chato, para dizer o mínimo. O senso comum acredita que filho é despesa e simplesmente esquece todo o restante.

Esquece, por exemplo, da alegria que é amamentar. Esquece de como é gostoso ver o caderno escolar do filho e perceber que ele está aprendendo muitas coisas na escola. Esquece de que receber um beijo de boa noite, com um sorriso confiante, refaz a alma e desfaz boa parte do cansaço do dia. Esquece de como é bom ver como os próprios filhos se gostam mutuamente e são carinhosos e cuidadosos uns com os outros, especialmente os mais velhos em relação aos menores. Isto tudo foge ao senso comum, porque o senso comum é incapaz de experimentar a vivência cotidiana de ter uma família, de carne e osso, de ter um casa cheia de filhos, com bagunça e barulho, mas também – por causa deles – com muito alegria. E a lista do que é esquecido é longa…

Sendo assim, recorro a São Paulo, mais uma vez:

“… irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é nobre, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, tudo o que é virtuoso e louvável, eis o que deve ocupar vossos pensamentos” (Filipenses 4, 8).

Chega de senso comum! Quero ocupar meus pensamentos – e aconselho outros pais a fazerem o mesmo – com o que é verdadeiro, nobre, justo, puro, amável, de boa fama, virtuoso e louvável a respeito de ter uma família.

Boa semana!

Cristiane

Anúncios

Sobre Cristiane

Cristiane é casada há 12 anos, tem 2 filhos e 1 filha. Atuante na Igreja desde sua juventude, participou de grupos de jovens (em Marília e Campinas, SP), Pastoral Universitária (em Campinas, SP) e Pastoral Familiar (em Niterói, RJ). Formada em Letras e Linguística, no momento trabalha como revisora de livros e artigos e como professora de redação.
Esse post foi publicado em Pais+Filhos. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Cansada do senso comum

  1. Marco disse:

    Oi Cris

    Ótimo post, faço coro com vc ! Isso tudo é realmente mto chato. Nos nossos cursos vemos noivos torcendo o nariz já quando passamos do primeiro para o segundo filho. Os casais com mais de 2 filhos são vistos como ETs. Uma pena…
    Que todas as familias que tenham este desejo de multiplicar a felicidade de ter filhos, possam fazê-lo cada dia mais, com as bençãos de Deus !

    até

  2. vreginato disse:

    Cris

    Não desanime com os outros, Estamos iniciando o ano. Tudo que você falou é fruto de colocarem todas as ações sob a ótica do finan$eiro. É a filosofia utilitarista na sua visão mais econômica possível, associada ao egoísmo. Esquecem de colocar Deus “nesta conta.”

    Que 2013 reserve muitas alegrias a você, com teus filhos e tua família maravilhosa. Continue firme nas suas convicções, e verá muitos te seguirem, como fizeram os que seguiram os primeiros cristãos, que apesar “das dificuldades dos tempos”, eram alegres porque se amavam, sem se deixarem levar pelo senso comum da época, mas criando uma nova geração. Estamos na recristianização dos tempos, como dizia o Beato João Paulo II.

    Valdir

    • Maria José F.C. Bresaola disse:

      Querida Cris,adorei seu artigo,tão rico e verdadeiro,de quem bebe da fonte do Senhor,pautado no Evangelho e de quem vive a riqueza de ter uma família segundo os desígnos do Pai…filhos,esse tesouro que veio do Céu.Parabéns,saudades de vc,qdo virá a São Carlos?Rubinho,Déborah eu e Rubão sentimos sua falta.
      Grande beijo!
      Zezé.

  3. Lutfe disse:

    Cris,

    Deu vontade até de ter outro filho!

    É verdado, Bispo Rafael! Santo homem!

    Abs,

    Lutfe

  4. Mari disse:

    Excelente post !!!
    Bjs
    Mari

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s