A alegria do Recém-nascido

Tenho uma filha nascida há pouco mais de 4 meses. Por onde vou, se ela está comigo, recebo sorrisos de quem nos vê passar – de pessoas conhecidas e de pessoas desconhecidas. Todos, desde os mais novos até os mais idosos (estes de um modo particular são ainda mais expressivos), gente solteira e gente casada, homens e mulheres, gente simples e gente rica, todos se expressam com sorrisos para o fato de que carrego uma bebezinha.

Não se trata aqui de dizer que é porque minha filha é muito fofa – o que é a mais pura verdade! – mas, na minha opinião, é porque todos nós, seres humanos, nos comovemos com o nascimento de uma nova criança. Penso que um recém-nascido traz consigo muita esperança, porque é puro, não tem malícia. Quando vemos um bebê, nosso coração se restaura – o futuro está ali.

E, por conta disso, acabo fazendo amizades com muita gente. Muitos perguntam como ela se chama; há quanto tempo nasceu etc etc. A conversa é bem-humorada e geralmente termina com um “benza a Deus!” e votos de felicidades para nós. Nem preciso mencionar que as pessoas também tendem a falar com meiguice para agradar a pequena e, se ganham um sorriso dela, ficam ainda mais encantados.

Pois bem. Há aproximadamente 2000 anos um Recém-nascido mudou a história da humanidade! Às vezes nos esquecemos de que o Natal é a celebração do nascimento de um bebezinho – Deus feito homem, Deus feito criança, Deus Recém-nascido! Sabemos que é o nascimento de Jesus, mas nos esquecemos do significado mais simples que este acontecimento tem: Deus que se faz criança para que, ao olharmos para ele, sejamos renovados em nossa esperança.

“Eis que vos anuncio uma grande alegria. Nasceu-vos hoje o Salvador que é o Cristo Senhor” (Lc. 2,10).

Gostaria de propor que, neste Natal, pudéssemos nos esforçar para olhar o presépio e enxergar o bebê Jesus. Podemos levar em consideração tudo o que sabemos sobre ele – nosso salvador que morreu na cruz por amor, nosso senhor, Deus feito homem, seus ensinamentos  – mas de modo especial deixemos nos encantar pela beleza do recém-nascido. E não tentemos entender tal mistério… (Como pode um Deus tão grande e poderoso se esconder num bebê tão frágil?) Apenas fiquemos ali, diante da manjedoura, ouvindo o coro de anjos que alegremente canta “Paz na Terra”, e imaginemos uma conversa com a mãe dele… O que ela tem a nos dizer sobre aquele pequenino? E nós, o que gostaríamos de dizer a Ele e a ela? Podemos balbuciar uma canção de ninar… Podemos brincar e falar monossílabos, como fazemos com os recém-nascidos. O importante é estabelecer uma relação pessoal com ele. Deus, ao se fazer menino, quis se aproximar de nós de um modo muito singular. Não bastou enviar mensageiros e profetas. Ele quis vir pessoalmente e precisamos desfrutar desta proximidade. Não deixemos que o Natal se transforme em uma festa de troca de presentes e jantares gostosos apenas. Olhemos para o bebê Jesus. Imaginemos como seria embalá-lo. Abramos o coração para sentir sua presença – Deus conosco – e nossa vida e a de nossa família passará a ter mais sentido, à medida que nossa relação pessoal com Ele se estreitar.

Hoje também recordo o meu nascimento! Sim, hoje (20 de dezembro) é meu aniversário e tenho muitos motivos para agradecer a Deus, mas de modo especial quero pedir este presente: que eu possa abrir meu coração cada vez mais a este Deus tão próximo. Que eu possa viver minha vida tendo em perspectiva a presença dEle em mim, guiando meus passos e os de minha família.

Feliz e abençoado Natal a todos!

Cristiane

Anúncios

Sobre Cristiane

Cristiane é casada há 12 anos, tem 2 filhos e 1 filha. Atuante na Igreja desde sua juventude, participou de grupos de jovens (em Marília e Campinas, SP), Pastoral Universitária (em Campinas, SP) e Pastoral Familiar (em Niterói, RJ). Formada em Letras e Linguística, no momento trabalha como revisora de livros e artigos e como professora de redação.
Esse post foi publicado em Pais+Filhos. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para A alegria do Recém-nascido

  1. Mari disse:

    Parabéns Cris !
    Atrasado mas ainda em tempo !
    Mto obrigada pela sua contribuição tão preciosa e de tanta sabedoria !
    Deus abençoe vc e sua linda familia !
    Bjs
    Mari, Marco, Carol e Rafael

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s