SER PAI

Boa tarde!

No último fim de semana estive reunido com um grupo de pais para tratar sobre o assunto: SER PAI.

Evidentemente não esgotou-se o assunto, mas ao término palestras, meditações, filmes, casos e debates, verificamos que a sensação de satisfação estava associada a nítida percepção do quanto se havia trabalhado muito naqueles poucos dias. De modo concentrado, ao mesmo tempo que dinâmico, todos ficaram conscientes da exigência da paternidade.

Interessante que pouco se falou de trabalho/emprego propriamente dito, mas de trabalho família. Relacionamento com os filhos principalmente. Era notório que para alguns, os temas lá tocados estavam no esquecimento há tempos; e para outros nem sequer fazia parte da agenda. Porém, reconhecidamente todos afirmavam a necessidade de se aprofundar no assunto.

Talvez boa parte não tivesse idéia de que a paternidade exige um curso “universitário”, associado a uma enorme dose de afeto, de amor. Mas, também de conhecimento. Leitura, Debate. Troca de ideias. Convivência de experiências. Tudo que se faz num âmbito universitário.

Esperamos que este “aperitivo” tenha aberto o apetite para que se aprofundem neste tema. Evidentemente, a participação da esposa é imprescindível. Reconheço, contudo que, pelo fato de só participarem os pais, criou-se um clima de maior favorecimento a alguns assuntos, que, certamente sofreriam a interferência feminina, talvez com alguma inibição. Porém, foram muitas as solicitações para um encontro semelhante sobre SER MÃE. Este é outro assunto…

Fica a ideia para os pais que desejarem se aprofundar no assunto numa próxima oportunidade…

Boa semana

Valdir

Anúncios

Sobre vreginato

Casado e tem três filhos. Médico e Terapêuta de Família. Professor de Bioética, Históra da Medicina e Espiritualidade e Mediicna na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), membro do Centro de História e Filosofia das Ciências da Saúde da Unifesp, Coordenador da Pastoral da Família da Paróquia Nossa Senhora do Brasil
Esse post foi publicado em Familia&Trabalho. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para SER PAI

  1. Paula Ramon disse:

    Oi Valdir

    Sobre este post, como se aprofundar no assunto? E no grupo de casais da igreja nossa Senhora do Brasil? Vc por favor me passaria os horarios e contatos, sentimos necessidade de conviver com famílias q tenham em comum a necessidade de crescer e ampliar conhecimentos

    Grata

    Paula ramon

    Enviado via iPhone

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s