Respeitar o diferente

Lendo o site da Canção Nova, encontrei na sessão “Formação” algo que gostaria de comentar aqui: o primeiro de 10 passos para construir o Céu na Terra, o qual reproduzo a seguir:

“Nem sempre é fácil conviver com quem pensa diferente de nós. O respeito para com o outro nasce a partir do momento em que o reconhecemos não como um inimigo, mas como um ser humano limitado, necessitado de nossa ajuda e compreensão. Assim como ele, ainda estamos em processo de construção. Deus ainda não nos terminou”. (Padre Flávio Sobreiro, Motivos para não perder a esperança – 10 passos para construir o Céu na Terra: http://www.cancaonova.com/portal/canais/formacao/internas.php?e=12841)

Que sabedoria de vida é poder olhar para os outros, assim como para nós mesmos, como alguém inacabado ainda – “Deus ainda não nos terminou” diz o texto. Se conseguirmos viver isso, teremos mais paciência conosco mesmos e também com aqueles que estão ao nosso redor. Deus está fazendo sua obra dia-a-dia, passo a passo, e só Ele consegue enxergar como seremos quando estivermos “prontos”, porque Ele já está lá; Ele é senhor do futuro e nos conhece por inteiro, com todas as nossas potencialidades e quer que cresçamos nelas e completemos nosso destino de amor.

Nossas fraquezas e a de nossos queridos estão dentro de um processo de construção do que cada um de nós virá a ser. Respeitar esse processo e esperar confiantes de que o senhor está fazendo a sua obra em nossas vidas é sinal de abandono ao amor que Ele tem por nós. Evitar o perfeccionismo que, muitas vezes, nos oprime e abate, assim como evitar o julgamento alheio que estaciona o outro num ponto fixo de sua caminhada são passos importantes que devemos dar para responder a essa verdade de nosso Criador: Deus é nosso Pai e Ele nos cria a cada momento, transformando-nos segundo sua imagem e semelhança.

Com essa perspectiva, olhar para nossos queridos (cônjuge e filhos) como pessoas que estão sendo formadas pelo amor do Criador e que há um tempo – que só Deus mesmo conhece – para que eles cresçam nesse amor nos coloca numa nova dimensão espiritual. Da mesma forma, olhar para nós mesmos sabendo que Deus está trabalhando em nós nos fará diminuir a ansiedade e a tendência ao perfeccionismo.

Todos nós precisamos de ajuda e compreensão. Que Deus nos ajude a viver isso; que possamos compreender nossos queridos dentro dessa nova perspectiva de processo de criação; que possamos também ter paciência conosco mesmos, deixando Deus agir.

Uma boa semana a todos!

Cristiane

Anúncios

Sobre Cristiane

Cristiane é casada há 12 anos, tem 2 filhos e 1 filha. Atuante na Igreja desde sua juventude, participou de grupos de jovens (em Marília e Campinas, SP), Pastoral Universitária (em Campinas, SP) e Pastoral Familiar (em Niterói, RJ). Formada em Letras e Linguística, no momento trabalha como revisora de livros e artigos e como professora de redação.
Esse post foi publicado em Pais+Filhos. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Respeitar o diferente

  1. As melhores atitudes da minha vida quando estive diante de alguém que me tratava mal ou agia de maneira reprovável, foi me lembrar de que já fiz algo parecido um dia, ou que cometia outros erros talvez piores…..Neste momento, eu me calava e esperava melhor ocasião para censurar, se fosse preciso.

    Gostaria de agir sempre assim.

    Atitude semelhante – e curiosamente – muito difícil, é aprender NÃO POLEMIZAR com familiares e colegas de trabalho, porque lêem aquele livro que sabemos que não é bom, porque que assiste tal programa de TV que reprovamos, ou que manisfesta opinião, que não coincide com o Bem e a Verdade…Não é que devamos nos omitir, ou calar a consciência, mas esperar a hora certa para orientar, pois o Lar : Esposa e Filhos, ou o ambiente de amigos no trabalho, NÃO SÃO UM FÓRUM DE DEBATES….e SIM, acima de tudo um ambiente de AMOR. Como dizia Santo Agostinho: “não se entra na VERDADE, senão através da CARIDADE ( AMOR )”

  2. Marco disse:

    Cris
    Excelente post. Só o fato da cobrança pelo perfeccionismo do outro mostra como devemos caminhar ainda. Que Deus possa nos mostrar este caminho de humildade e amor ao próximo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s