Cinedebate: “A Princesa e o Sapo” (The Princess and the Frog – Walt Disney Animation Studios)

Olá caros leitores, bem vindo a mais um “NO SOFÁ DA SALA”!

Hoje falaremos sobre uma dica de filme para você assistir e discutir com seus filhos pequenos! Ahã? Discutir um assunto com meus filhos pequenos? É. Como?

Não sei se repararam, mas cada dia mais, os longa-metragem que a primeira vista são direcionados ao público infantil, atrás de animações aparentemente ingênuas, trazem um conteúdo rico e complexo de situações e verdadeiros dramas vividos por adultos.  Inclusive, é importantíssimo termos isso em mente antes mesmo de impulsivamente arrumarmos um programa legal para os pimpolhos de férias, levando-os em alguma estréia de uma animação que eles viram o reclame na televisão e nem ao menos sabemos a classificação etária. Por traz de imagens alegres e coloridas, são passados valores, horas bons, horas ruins e por isso a necessidade de assistirmos desenhos com nossas crianças, argumentarmos sobre o que está acontecendo e lhes falar se tal atitude foi errada ou se serve de exemplo.

No mês de junho que estive viajando, sem muitas obrigações para fazer durante 10 horas de vôo, resolvi me deleitar com os filmes do “menu” eletrônico. Entre eles estava o filme “A PRINCESA E O SAPO”. Já havia assistido algumas cenas de relance na televisão da casa de meus sobrinhos, e quando vi gostei, por isso optei por assistir o filme inteiro.

“A história fala de Tiana. Uma bela jovem que vive em Nova Orleans. Desde criança ela sonha em ter um restaurante próprio, o que faz com que tenha dois empregos e junte o máximo de dinheiro possível. Para conseguir a quantia necessária para que possa enfim alugar o imóvel de seus sonhos, ela aceita trabalhar na festa realizada por Charlotte LaBouff, sua amiga de infância. Charlotte deseja conquistar o príncipe Naveen, que acaba de chegar à cidade. Entretanto, um incidente faz com que Tiana troque de roupa e, no quarto de Charlotte, use um de seus vestidos. É quando surge um sapo, anunciando ser um príncipe e pedindo a Tiana que lhe conceda um beijo, para que o feitiço nele aplicado seja quebrado. De início Tiana acha a ideia repugnante, mas aceita ao receber a promessa do príncipe de que conseguirá para ela a quantia necessária para concretizar o aluguel. Só que, ao beijá-lo, ao invés dele se tornar humano novamente, é Tiana quem se transforma em sapo.”

Como a resenha acima, antes de fazer esse post, li diversas formas de interpretação desse filme, e não pretendo como a maioria delas, entrar no mérito de questões polêmicas de princípios étnicos, ou deturpações conceituais. Meu objetivo com esse post, é chamar a atenção para um personagem secundário na animação, mas que para mim valeu o filme inteiro e me arrancou lágrimas por mais de 3 vezes durante o vôo.

Estou falando de um vaga-lume. Pequeno, não muito bonito fisicamente, mas maravilhoso em suas atitudes. Um personagem que faz entendermos de uma forma simples e lúdica, o que devemos realmente almejar. Enquanto todos do filme tem desejos terrenos, tanto bons quanto ruins, não menos louváveis, porém finitos, o vaga-lume deseja mais. No desenrolar do filme, esse pequeno inseto passa a mostrar com suas atitudes o jeito perfeito e mais eficaz de alcançar o que no fundo todos desejam, a eterna felicidade.

A se todos pensassem, e principalmente, agissem como esse vaga-lume…

Bom, agora vou parar de contar se não tiro a graça do filme.

As férias escolares estão chegando. É hora de você chamar a turma e assistir.

Bom divertimento!!!

Anúncios

Sobre Familia Guarita

Zé (José Armando - engenheiro civil) e Malu (Maria Lucia - médica fisiatra) se casaram em junho de 2009 na igreja Nossa Senhora do Brasil. Ao se inscreverem para casar nesta igreja, conheceram o pároco Pe Michelino, que os chamou para participar da Pastoral da Família. Durante seus 1 ano e 9 meses de noivado, e atuais 2 anos de casados, eles vem participando das palestras quinzenalmente, tal como de sua organização. "Estes 4 anos de participação na Pastoral da Família fizeram com que aprendêssemos muito e esperamos agora poder contribuir bastante com esse novo meio de aprendizado que é o blog Casa de Família"
Esse post foi publicado em No sofá da sala e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s