Diminuindo o ritmo

Dando continuidade ao tema da semana passada “Jantar em família”, hoje quero comentar um texto publicado em http://thefamilydinnerproject.org/savoring-a-meal-with-poems-2/ – um site norte-americano que vem desenvolvendo um projeto de incentivo ao jantar em família. Já entramos em contato com eles e, em breve, teremos novidades vindas diretamente de lá para nos ajudar a também aqui abraçarmos essa boa ideia do convívio familiar na hora da refeição.

O texto que vou comentar é de Lisa F. Price sobre “temperar uma refeição com poemas”.

Por conta das várias atividades diárias, vivemos nosso dia a dia numa verdadeira correria. Hora de levantar, de levar as crianças na escola, depois hora de buscá-las, hora de trabalhar e de entregar um serviço para “ontem”; sem falar nos momentos em que, como mãe ou como pai, somos “obrigados” a fazer duas coisas ao mesmo tempo. Isto tudo gera um ritmo de vida acelerado. Muitas vezes, sem nos darmos conta, corremos o tempo todo em nosso dia.

E é sobre isso que recebemos o primeiro grande conselho do texto de Lisa: é preciso diminuir o ritmo na hora do jantar! Ela mesmo admite que, às vezes, é tentada a começar a limpar os pratos e a recolher as coisas da mesa antes do término da refeição. Chegar do trabalho, preparar o jantar e sentar-se à mesa ocorrem, muitas vezes, num ritmo corrido de quem acabou de sair do requisitante e estressante trabalho e, inconscientemente, acaba transferindo para aquele momento precioso de convivência em família a habitual correria, deixando de saborear a presença afetiva de seus queridos. Ela acrescenta ainda que existem pesquisas que comprovam que crianças que são capazes de diminuir o ritmo e se fazerem presente em determinada situação são mais calmas, menos ansiosas e melhor capacitadas em concentrar-se e terem bom desempenho na escola.

E como fazer para diminuir o ritmo? A segunda dica é criar poemas sobre comida, durante a refeição, brincando com o cheiro, o sabor e as cores da comida, por exemplo. Ela percebeu um dia que, antes de comer uma fruta, cheirá-la lentamente a fez sentir-se mais calma, além de chamar a atenção de suas crianças que acabaram fazendo o mesmo e, espontaneamente, ela “criou” um pequeno poema sobre a fruta. Simplesmente reservar um tempo para segurar a fruta e apreciar seu cheiro ajudou-a a relaxar naquele momento.

E cada um pode brincar de fazer poemas. É surpreendente a capacidade que os pequeninos têm de usarem a criatividade e a própria sensibilidade na criação de poemas, segundo Lisa.

Didaticamente ela expõe um quadro com os passos para nos ajudar a criar poemas sobre comida:

COMO CRIAR POEMAS NAS REFEIÇÕES

  1. Convide seus filhos a dar uma mordida na comida. Eles podem até fechar os olhos e saboreá-la.
  2. Pergunte qual o gosto da comida, sua textura, considere sua cor, aroma e possíveis memórias que ela carrega.
  3.  Deixe seus filhos expressarem a primeira frase que vier em seus pensamentos.
  4. Pronto! Eles acabaram de fazer um poema!

Obviamente cada um poderá descobrir sua maneira particular para diminuir o ritmo na hora do jantar. A dica do poema é uma delas. De fato, apreciar a presença de nossos familiares vai exigir de nós um exercício de estar ali – presente ali – com todo nosso ser. Comer devagar, mastigando melhor, além de mais saudável, é também um esforço para cada um de nós, acostumados que estamos a correr o dia todo. Sentir o aroma da comida e comentar o que isso nos provoca pode ser divertido e bucólico. Pequenos poemas vão trazar para nosso jantar um tempero especial…

Bom jantar em família para vocês!

Cristiane

Anúncios

Sobre Cristiane

Cristiane é casada há 12 anos, tem 2 filhos e 1 filha. Atuante na Igreja desde sua juventude, participou de grupos de jovens (em Marília e Campinas, SP), Pastoral Universitária (em Campinas, SP) e Pastoral Familiar (em Niterói, RJ). Formada em Letras e Linguística, no momento trabalha como revisora de livros e artigos e como professora de redação.
Esse post foi publicado em Pais+Filhos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s