A viagem do Papa

Bom dia!

Gostaria hoje de “fugir” um pouco da pauta família e trabalho para comentar um aspecto jornalístico da viagem que o Papa está fazendo ao México e Cuba.

Tenho reparado o quanto que “NÃO” se fala desta viagem. Alguns noticiários são totalmente omissos. Os que alguma coisa trazem fazem questão de ressaltar a participação da Igreja como “agente de pedofilia” naqueles países. Outros gostam de afirmar a pouca participação de católicos. E assim por diante…

Não se escreve sobre a influência da visita de João Paulo II, que foi verdadeiro marco em Cuba. Não se coloca as fotos da recepção que o México fez a Bento XVI, mas apenas falam da sua idade e problemas de saúde. Não se elogia o esforço  um homem aos 85 anos levar a boa nova de Cristo com um sorriso nos lábios.

Tudo o que interessa é omitir a Igreja Católica e quando falar desprezar ao máximo. Quantas notícias de menor interesse totalmente mesquinho ocupam páginas de noticiário. Quanto se oferece de “big brothers” ao povo, a ponto de dar náuseas, por tanto que se vê mesmo sem querer, aos quatro cantos. Quanto que se noticia de guerras, assassinatos, corrupções, desgraças humanas, sexo, banalidades de fatos relacionados a artistas e jogadores de futebol. Quanto se promove a inveja, a competição, a raiva, o ódio, a luxúria, a calúnia,… E a mensagem de Amor de Cristo, sequer é mencionada.

É preciso que se trabalhe. É necessário trabalhar muito, na família, nos empregos, nos clubes, na sociedade de modo geral, para podermos evangelizar. Não é possível que se permita que o trabalho daqueles que promovem a miséria humana seja superior a alegria de manisfestar ao mundo a alegria de Cristo.

Rezemos para que esta viagem do Papa possa ser caminho de aproximação daqueles que esperam ouvir a Cristo com esperança no coração. Que o Senhor lhe permita com forças, continuar sendo a cabeça visível de Cristo na Terra, a todos os homens de boa vontade.

Bom trabalho a todos!

Valdir

 

 

Anúncios

Sobre vreginato

Casado e tem três filhos. Médico e Terapêuta de Família. Professor de Bioética, Históra da Medicina e Espiritualidade e Mediicna na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), membro do Centro de História e Filosofia das Ciências da Saúde da Unifesp, Coordenador da Pastoral da Família da Paróquia Nossa Senhora do Brasil
Esse post foi publicado em Familia&Trabalho. Bookmark o link permanente.

3 respostas para A viagem do Papa

  1. Luiz Coelho disse:

    Bom dia…

    Acredito que quando procuramos por conhecimento, devemos ir para escolas e universidades; quando procuramos por saúde, devemos ir para hospitais, consultórios, etc. O que estou tentando dizer é que não encontraremos o que se procuramos, se formos aos locais inadequados !

    Procurar por notícias de conteúdo em canais, emissoras e outros meios de comunicação que a muito tempo não sabem ( ou preferem não saber, ou preferem não informar ) o que significa jornalismo informativo é querer achar uma agulha em um palheiro.

    A notícia de qualidade, com conteúdo está realmente escassa, mas ela ainda existe, em horários, talvez de pouca audiência, mas que vale a pena fazermos um esforço pessoal para assistir. Ontem mesmo o programa “Canal Livre” ( 23:30 hs ), da tv bandeirantes entrevistou o arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Scherer, que entre campanha da fraternidade e viagens do Papa, deu o seu recado de forma elegante e inteligente.

    Hoje, o mesmo Dom Odilo participará de outra entrevista ( ao vivo ) às 22:00 hs, no programa “Roda Vida” da Tv cultura….. Meu conselho…., não perca tempo procurando ( para depois não ter que desabafar ) por notícias que queira ver em locais aonde sabemos que elas jamais irão estar, por um motivo ou outro !!!

    Abraço.

  2. vreginato disse:

    Meu caro Luiz

    Pessoalmente “eu” sei onde encontrar a notícia. O que aponto é falta de divulgação do que ocorre de importante para a população geral, ou pior, a deturpação dos fatos.
    Infelizmente concordo que cada vez mais os meios de divulgação, não divulgam o que se deveria. No entanto não podemos desanimar e sim nos empenmharmos para que a nossa voz chegue até lá. Assistir D Odilo as 23:30 no canal Livre ou as 22:00 no Roda Viva, não é uma maneira de privilegiar o assunto. É deixar no fundo de quintal, e no escuro. Penso que acharíamos mais fácil uma agulha no palheiro, do que imaginar quantos da população tiveram conhecimento destas entrevistas.

    Abraço

    Valdir

    • Luiz Coelho disse:

      Desculpe-me novamente, mas “O que aponto é falta de divulgação do que ocorre de importante para a população geral, ou pior, a deturpação dos fatos.”… 1o – o que é importante, normalmente não dá ibope, 2o – A população está REALMENTE, interessada naquilo que é importante para ela ?

      Não podemos impor que as emissoras mudem a sua programação. A solução seria que as pessoas não assistissem mais a determinados programas para assim fazer com que as emissoras mudassem as suas programações. Será que isso funcionaria ?

      Como você mesmo disse, você sabe aonde procurar programas de conteúdo, assim como a grande maioria sabe muito bem o que deseja assistir, ou seja, ( BBBs, novelas, notícias sensacionalistas, etc )…e é isso o que as emissoras oferecem ( pão, circo, futebol, novela e carnaval )…

      Tudo aquilo que interessa a população, ela sabe muito bem se instruir e onde procurar !…” empenharmos para que vossa voz chegue até lá” …. Lá aonde ? Se é a própria maioria da população que não deseja tv com conteúdo ( e exatamente isso já foi tema de um documentário )

      O problema não é de cima ( emissoras ) para baixo ( população )…é exatamente o oposto.

      Abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s