Unidos no amor e pelo amor

Se me é possível, pois, alguma consolação em Cristo, algum caridoso estímulo, alguma comunhão no Espírito, alguma ternura e compaixão, completai a minha alegria, permanecendo unidos. Tende um mesmo amor, uma só alma e os mesmos pensamentos. Nada façais por espírito de partido ou vanglória, mas que a humildade vos ensine a considerar os outros superiores a vós mesmos. Cada qual tenha em vista não os seus próprios interesses, e sim os dos outros. Dedicai-vos mutuamente a estima que se deve em Cristo Jesus” (Filipenses 2,1-5).

Belíssimas palavras de conselho de São Paulo aos Filipenses. E hoje quero me apropriar destas palavras para o nosso contexto familiar. Permanecer unidos é um apelo que aparentemente poderia ser considerado simples. Como família, vivemos na mesma casa, na qual dividimos a comida, as horas de descanso e, às vezes, os programas de TV. Há as exceções – períodos de tempo em que um membro da família se ausenta por motivo de trabalho ou de estudo. Mas, em geral, estamos unidos sob o mesmo teto.

Há ainda os casos em que, por conta de uma suposta privacidade, cada um se fecha em seu quarto e lá vê a sua televisão, brinca com seus brinquedos, acessa a sua internet e mal convive com os membros da própria família… Não nego que cada um de nós precise de momentos de “solidão” e silêncio, seja para descansar seja para realizar algo muito particular. O que questiono é a total falta de convivência dos familiares! É como se apenas “dividissem” o mesmo teto…

Então pergunto: basta estarmos juntos na mesma casa para permanecermos unidos? O texto de São Paulo vem nos ajudar e descobrir o que significa a união que ele está aconselhando. Que tenhamos um mesmo amor, uma só alma e os mesmos pensamentos! Opa, agora complicou… Quantas vezes há divergências de pensamentos entre esposa e esposo, entre pais e filhos? Como fazer, então, para permanecermos unidos? Que não haja partidos e que a humildade nos ensine a considerar os outros superiores a nós mesmos é o que diz o texto na sequência.

Portanto, cultivar a humildade vai nos ajudar a olhar para os outros – os meus queridos que convivem diariamente comigo! – e a considerá-los melhores do que eu… Ser humilde vai me ajudar a olhar com amor para meus filhos e cônjuge e desejar que o bem deles venha em primeiro lugar e não os meus interesses, muitas vezes, egoístas.

Como seria possível dedicarmos tal amor uns aos outros? Certamente não é porque somos a fonte desse amor. São Paulo é bem claro no último versículo que destaquei para a mensagem de hoje: “Dedicai-vos mutuamente a estima que se deve em Cristo Jesus”. Trata-se de uma estima por causa de Cristo Jesus. Portanto, pemaneceremos unidos, amando-nos mutuamente, dedicando-nos ao bem do outro com humildade, por causa do amor da presença do Cristo Jesus em nossa vida. Ele nos amou primeiro! Busquemos, então, o reabastecimento deste amor diariamente. E naturalmente seremos movidos a uma vida de mais união em nossa casa. E ainda que as crianças ou os adolescentes tenham os seus programas e os seus mundinhos separados, teremos a graça do amor de Cristo a nos ajudar a criar situações familiares em que tenhamos tempo de convivência e tempo de demonstrar nosso amor a eles.

Que Deus, pelo amor de Cristo Jesus, nos inspire a ser canais de união em nossa casa!

Fraternalmente,

Cristiane

Anúncios

Sobre Cristiane

Cristiane é casada há 12 anos, tem 2 filhos e 1 filha. Atuante na Igreja desde sua juventude, participou de grupos de jovens (em Marília e Campinas, SP), Pastoral Universitária (em Campinas, SP) e Pastoral Familiar (em Niterói, RJ). Formada em Letras e Linguística, no momento trabalha como revisora de livros e artigos e como professora de redação.
Esse post foi publicado em Pais+Filhos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s