Melhores do que nós

Hoje, 8 de dezembro, celebramos a Imaculada Concepção de Maria. A Igreja nos ensina que Maria fora preservada do pecado original porque seria escolhida para ser a mãe de Jesus. Para Deus a dimensão tempo é diferente: Ele é eterno. E, portanto, salvou Maria do pecado pelos méritos de seu filho, nosso salvador. Fernando Cyrino bem esclarece isso nos trechos abaixo:

Celebrar a Imaculada Concepção de Maria é contemplar, na alegria, um pedacinho do mistério da encarnação. A Trindade que vai preparando, desde muito antes, a presença plena de Deus em meio às suas criaturas. (…) O que intui a Igreja é que não daria para qualquer mulher ser a mãe de Deus. Somente aquela que fosse totalmente aberta à pureza amorosa da Trindade Santa é que estaria pronta a exercer tal papel. Deus vai observando seus filhos e filhas até que um dia vislumbra que ali naquela pequenina Nazaré um casal iria gerar aquela que seria então, tempos após, convidada pelo anjo para se tornar a mãe de Deus ”.*

Fico a imaginar a infância de Maria, ao lado de Joaquim e Ana… Uma menina pura, sem pecado, cheia de graça, que devia ser muito alegre e feliz. Devia viver plenamante os dias ao lado de seus pais, obedecendo-lhes e ajudando-os no que fosse necessário. É bem provável que tenha aprendido a rezar com eles e a observar as leis do Judaismo na prática cotidiana de oração e contemplação do Deus de Israel, tanto que, quando chegou o tempo, estava pronta a responder seu SIM ao anjo Gabriel. Ela também deveria estar esperando a chegada do Messias…

Como pais, somos responsáveis por apresentar os caminhos de Deus aos nossos filhos. Rezar com eles, explicar-lhes a história de nossa salvação é muito importante para que eles também possam assumir um dia a vocação ao chamado de Deus para eles. No domingo passado, durante o almoço, meu esposo foi explicando para nossos filhos o que celebramos no Natal. Explicou o que significa “Emanuel”, Deus conosco – Deus que não era homem antes e que, por amor, resolver se fazer menino, ser humano, como nós! Nada muito complicado, mas com a franqueza que deve ter, até para desmistificar a figura do Papai Noel – “Não, não é ele que chega no Natal, filho… É o menino Jesus”.

Somos os primeiros evangelizadores de nossos filhos. Sabendo que o Reino de Deus cresce a cada dia, nossos filhos serão, com a graça de Deus, melhores do que nós… Termino, acrescentando mais um trecho do texto de Fernando Cyrino:

“Daí que também podemos intuir que todos os nossos filhos, por maiores problemas que tenham ou sejam, serão fundamentalmente, de alguma maneira, maiores que nós os seus pais. Não acreditar nisto é descrer que o Reino vai sendo construído e se faz cada dia maior nas dimensões de tempo, espaço e da história. Mesmo que sejamos incapazes de percebê-lo.” 

OH, MARIA CONCEBIDA SEM PECADO, ROGAI POR NÓS QUE RECORREMOS A VÓS!

Cristiane

* http://www.fernandocyrino.com/visualizar.php?idt=3372665

Anúncios

Sobre Cristiane

Cristiane é casada há 12 anos, tem 2 filhos e 1 filha. Atuante na Igreja desde sua juventude, participou de grupos de jovens (em Marília e Campinas, SP), Pastoral Universitária (em Campinas, SP) e Pastoral Familiar (em Niterói, RJ). Formada em Letras e Linguística, no momento trabalha como revisora de livros e artigos e como professora de redação.
Esse post foi publicado em Pais+Filhos. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Melhores do que nós

  1. Luiz Coelho disse:

    Boa noite…

    Gostei de um ponto deste post…
    “Nada muito complicado, mas com a franqueza que deve ter, até para desmistificar a figura do Papai Noel – “Não, não é ele que chega no Natal, filho… É o menino Jesus”.

    Quanto e até quando, figuras do imaginário coletivo, como Papai Noel, Coelhinho da Páscoa, “Fada do dente”, etc. ligadas ao consumismo exacerbado do mundo moderno devem fazer parte da vida e nossos filhos ?

    Abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s