Advento e Trabalho

Entramos no período do Advento. E o que tem isto a ver com Trabalho e família? Quando penso na figura de José consigo ver uma relação enorme entre trabalho e Advento.

Qual é o pai que não se esforça em preparar a chegada de seu filho? A idéia de ter um quarto para o filho (quando possível), ou do berço no qual vai dormir. E depois a decoração. Os gastos com roupa, mamadeiras etc…

No mundo moderno preparar a chegada de um filho chega a  ítens impensáveis na época no nosso querido São José, como a babá eletônica, luz regulada para muito claro, penunbra e escuro; canções de ninar que se iniciam caso o bebe chore; e por aí vai…Tudo isto dá muito trabalho de fato. É necessário, inclusive, saber se não estamos fazendo coisas demais para a criança, exagero mesmo! 

No entanto, o que é necessário é pensar o que vamos fazer com o nosso trabalho com a chegada do bebe. Antes mesmo dele nascer precisamos pensar que estando a esposa grávida, ela precisará de maior ajuda em casa, principalmente se já houver outros filhos. Como faço para chegar mais cedo em casa, ou deixar alguma coisa adiantada antes de sair. Se me aperto para levar e buscar as crinaças na escola, que antes ela levava, mas agora precisa repousar. Se no almoço de domingo “viro cozinheiro”, e saio com as crianças ao parque para ela poder dormir um pouco.

“- E eu não descanso?!”  Pode reclamar a vontade, mas quem está grávida é a esposa e o filho é dos dois. Portanto, cada um colabora no que pode. E com um grande sorriso nos lábios!

E para aqueles que terão o primeiro filho, precisa pensar como fará para ver o filho acordado durante a semana. Alguns pais trabalham o suficiente para sair quando os filhos ainda estão dormindo, e voltam quando os filhos estão dormindo. Não nego que existam situações difíceis, mas é necessário se esforçar por estar mais tempo em casa.

Para isto preciso otimizar minhas horas de trabalho, evitar perdas de tempo com “bate-papo” furado, e cortar cafezinhos desnecessários. Quem sabe não esticar aquele “almoço de negócios” por mais uma hora, porque preciso sair mais cedo e ver o meu filho acordado que está me esperando.

“_Uma criança não tem consciência disso!”. É o que você pensa. O teu filho está te esperando sim. Mesmo sem o saber a sua presença é fundamental para o seu desenvolviemnto equilibrado nas emoções, na afetividade, na segurança, e no exemplo. E é bom saber que alguém nos espera! Não somente alguém genérico, mas o teu filho!

É preciso saber se todas as horas extras que estou fazendo são realmente necessárias, ou se estou fazendo trabalho a mais para empreendimentos supérfulos , ou que podem esperar.

“- É que preciso trocar o carro! E só fazendo hora extra!” Será que não dá para ficar para o próximo ano?

Isto tudo é um esforço grande de trabalho e que envolve o nosso desempenho profissional que agora tem um novo personagem em campo: o teu filho.

São José colocou todo esforço e carinho que pode na preparação para receber a Jesus, e no entanto precisou deixar tudo, bem na hora do nascimento. Talvez nem o berço tenha levado, pois o acomodou em palhas na majedoura. Tanta preparação e nada pode ser utilizado por Jesus, pois depois fugiram para o Egito.

Mas São José preparaou algo que não lhe foi tirado, que estava com ele o tempo todo, e não poderia esquecer em lugar nenhum: o seu coração. Aí estava a maior dedicação do nosso Patriarca e aí está o seu melhor exemplo. Assim como José preparemos o nosso coração para nossos filhos. Assim como José, preparemos o nosso coração para Jesus que nascerá mais uma vez no Natal.

Boa preparação!

Valdir

Anúncios

Sobre vreginato

Casado e tem três filhos. Médico e Terapêuta de Família. Professor de Bioética, Históra da Medicina e Espiritualidade e Mediicna na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), membro do Centro de História e Filosofia das Ciências da Saúde da Unifesp, Coordenador da Pastoral da Família da Paróquia Nossa Senhora do Brasil
Esse post foi publicado em Familia&Trabalho. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Advento e Trabalho

  1. Alessandra de Angelis disse:

    Valdir,

    Um excelente texto! Faço votos que a mensagem contida nele, possa ajudar aos pais a refletirem sobre o assunto, principamente no Natal.

    Boa semana a todos!

    Alessandra de Angelis

  2. Cristiane disse:

    Concordo com Alessandra. Muito particular foi seu recado aos pais que, como José, aguardam e se preparam para o Natal. O mais interessante é que, em meu texto desta semana, me dirijo de modo especial às mães, nesse começo de Advento. Aguardem…
    abraço,
    Cristiane

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s