Pequenos detalhes, grandes talentos

Segundo o sacerdote da missa no último domingo, não necessariamente precisamos sair numa missão para utilizar bem os talentos que temos. Onde estamos, onde fomos “plantados”, é aí que devemos agir. Um dos talentos que recebemos de Deus é ser presença na vida das outras pessoas. Todos somos muito carentes de atenção, de um olhar, de ser ouvido. Se fizermos isso, não estaremos escondendo o talento que Deus nos deu.

Transferindo esse ensino para a vida em família, vejo que ela se constrói com pequenos detalhes que alimentam as relações entre pais e filhos. Estive pensando, por exemplo, em como meu filho menor saboreia o leite com chocolate que preparo para ele todas as manhãs e todas as noites. Além de tomar o leite, às vezes ele gosta de pegar minha mão enquanto bebe. Faz isso desde que era bem pequenino. Este leite com chocolate significa mais do que simplesmente leite com chocolate. Ele se sente seguro, amado, feliz porque tem alguém que cuida dele. Também meu filho mais velho adora quando preparo macarrão para ele, ou quando compro um doce especial, um sorvete. São pequenos gestos que traduzem não só o cuidado que tenho por eles, mas meu carinho. Eles vão crescer e vão levar boas memórias com eles. Eu, também, me lembro de meu pai cortar o bife em pedacinhos pequenos para eu comer, quando eu ainda não sabia manusear a faca. Aquele bife ficava ainda mais saboroso…

E, mesmo depois que a gente cresce, os gestos continuam. Quem nunca saboreou um delicioso almoço no domingo preparado por sua mãe numa daquelas visitas que a gente fazia nos tempos de faculdade? Ou ainda hoje, depois de ter constituído nova família, quando chega na casa dos pais e tem lá aquele bolo de fubá maravilhoso que desde criança comia? A mãe, sabendo que o filho vem visitá-la, faz um prato especial, põe uma toalha nova na mesa e tudo é muito gostoso…

São pequenos rituais – eu diria – que alimentam a relação entre nós. Fazer parte de uma família significa ter esse tipo de amparo e carinho. E nosso emocional cresce num ambiente de segurança e amor. Como foi importante para mim viver alguns rituais e como é importante para meus filhos hoje perceber em pequenos gestos concretos o quanto os amo.

Precisamos valorizar, em nossa rotina, os gestos de carinho. Nossos filhos são carentes disso e crescem mais felizes quando os recebem diariamente. Este é o talento que Deus nos confiou. Peçamos a Ele que nos ajude a não esconder talento tão precioso.

Abraço a todos,

Cristiane

Anúncios

Sobre Cristiane

Cristiane é casada há 12 anos, tem 2 filhos e 1 filha. Atuante na Igreja desde sua juventude, participou de grupos de jovens (em Marília e Campinas, SP), Pastoral Universitária (em Campinas, SP) e Pastoral Familiar (em Niterói, RJ). Formada em Letras e Linguística, no momento trabalha como revisora de livros e artigos e como professora de redação.
Esse post foi publicado em Pais+Filhos. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Pequenos detalhes, grandes talentos

  1. vreginato disse:

    Cristiane

    Como você apontou bem a importância das pequenas coisas. Lembro-me de um cliente que era vendedor de peças pesadas para engenharia. Seus ricos compradores eram estrangeiros e quando no Brasil gostavam de frequentar restaurantes fantásticos, principalmente churrascarias, famosas lá fora.

    Ele me dizia:
    “_ Doutor não vejo a hora quando chega o fim de semana e posso comer um arroz com feijão feito pela minha esposa em companhia de meus filhos.”

    Todo luxo e maravilhas das churrascarias se perdiam diante da alegria do arroz com feijão em família aos finais de semana.

    Você nos ensina a encontrar este “arroz com feijão” no cotidiano familiar, que alimenta o coração.

    Obrigado

    Valdir

    • Valdir,
      Acho que não foi em vão que nosso senhor escolheu uma refeição para doar sua vida a nós. O valor de partilha que é inerente aos que comem juntos vai além da comida. Realmente nutre o coração!
      Cristiane
      PS.: Adoro o arroz com feijão da minha mãe!!!

  2. Lutfe Mohamed Yunes disse:

    Cristiane, bem legal o seu post!!! Escrito com amor e com o toque do Espírito Santo. Fique com Deus, Lutfe

  3. Cristiane disse:

    Oi Cris;
    Parabens pela iniciativa.
    Muito boas suas colocaçoes sobre a atenção e o carinho que os filhos merecem.
    filhos, especialmente nas pequenas coisas do dia a dia.
    Abraço
    Pai.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s