Humildade: fraqueza ou coragem ?

Olá

 Me recordo de um caso antigo que aconteceu com meu pai e que este me contou, sobre um colega dele. Estavam todos em um churrasco, conversando sobre a vida, quando um deles, disse esta frase: “Eu respeito todas as leis de trânsito, sem exceção ! Não transgrido uma sequer… pois eu não admito uma pessoa com menor escolaridade que eu venha me repreender e me dê uma multa….” (o senhor em questão tinha pós-graduação, falava mais de uma língua e havia vivido bom tempo fora do país).

 Muito tempo depois, em uma aula da minha pós-graduação, o prof. da matéria de administração relatava-nos uma caso de uma empresa aérea (se eu não me engano – norte americana), que estava com problemas financeiros sérios e por isso demitiram o CEO daquela gestão e contrataram outro. A primeira ação do novo CEO foi entender o que o antecessor estava fazendo de errado. Encontrou pouca coisa pois aquele trabalhava segundo as técnicas padrões daquele setor, para aquela época. Depois de muita pesquisa e trabalho ele descobriu que as regras desta empresa eram muito rígidas e atrapalhavam o bom andamento desta. Neste momento ele teve uma idéia nova e arriscada; ele criou o conceito de organograma “upside down” (de ponta cabeça). Neste conceito os funcionários de campo da empresa (checkin – pilotos – comissários) ganhavam mais poder de mudar conceitos da empresa, em detrimento de um melhor atendimento ao cliente, enquanto a hieraquia executiva da empresa começou a trabalhar para suportar as decisões tomadas pela linha de frente. (e o modelo funcionou, segundo o relato daquela aula).

 Pergunta: Qual o ponto de intercecção destes 2 textos ? A humildade.

 O evangelho de ontem nos trás o seguinte trecho:  “Entre vocês, o mais importante é aquele que serve os outros. Quem se engrandece será humilhado, mas quem se humilha será engrandecido

 Estamos aqui para servir ao outro, independente da sua formação ou função. Aquele que acha que está aqui para ser exaltado e engandecido pelo seu trabalho ou formação, segue os passos do pecador.

Boa semana a todos !

Anúncios

Sobre Marco

Marco é casado com Mariana e tem os pequenos Carol e Rafael. Ele é formado em Tecnologia da Informação, pós graduado em administração e trabalha há 14 anos no mercado corporativo de TI. Atua na Igreja Católica desde a adolescência, participando de grupo de jovens, ministérios de música e equipes de evangelização. Está na pastoral da familia da paróquia Nossa Senhora do Brasil desde 2007, atuando junto às familias e aos casais que buscam o matrimônio.
Esse post foi publicado em Familia&Trabalho. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s