Café da manhã

Olá

 No meu meio de trabalho (e acredito que em muitos outros), temos a forte pressão por resultados, com jornadas de trabalho bem pesadas. Temos também pessoas que mergulham de cabeça neste mundo, não vendo o turbilhão que estão entrando e quando vão ver, já é tarde demais.

 Até ai nada de novo, já abordamos este tema aqui na nossa coluna.

 O interessante foi que nesta última semana, ouvi uma “dica” de um dos meus colegas de trabalho, que entrou no turbilhão mas foi alertado a tempo pelo pai dele. Abaixo ele nos repassou essa dica:

 “Filho, muitas pessoas perdem a calma, a saúde, facilmente por causa do trabalho. E muitas dessas pessoas acabam perdendo a vida por causa de tanta pressão. Você tem que entender uma coisa sobre isso:

 Todas as pessoas tomam café da manhã, todos os dias. Se você morrer por causa dessa pressão toda, no dia seguinte todas as pessoas irão tomar café da manhã de novo. Uns tomarão o café felizes, outras mais tristes devido a sua morte, mas todos tomarão o café da manhã.

 Com o tempo aqueles que tomavam o café felizes continuarão tomando-o assim e as que estavam mais tristes, não estarão tão mais tristes e continuaram com seu café da manhã.

 Depois de um bom tempo, todos voltarão a tomar café da manhã felizes…  e você não estará mais aqui”

sem mais comentários !

boa semana a todos

Anúncios

Sobre Marco

Marco é casado com Mariana e tem os pequenos Carol e Rafael. Ele é formado em Tecnologia da Informação, pós graduado em administração e trabalha há 14 anos no mercado corporativo de TI. Atua na Igreja Católica desde a adolescência, participando de grupo de jovens, ministérios de música e equipes de evangelização. Está na pastoral da familia da paróquia Nossa Senhora do Brasil desde 2007, atuando junto às familias e aos casais que buscam o matrimônio.
Esse post foi publicado em Familia&Trabalho. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Café da manhã

  1. vreginato disse:

    Marco

    Se entendi esta mensagem tem várias interpretações. Uma delas recorada-me as internações UTI de grandes executivos que infartam, inesperadamente. Aliás, nunca conheci nenhum que tenha programado o seu infarto para o período de férias, por exemplo, para não atrapalhar o trabalho. Estes, muitas vezes eram da turma que tomavam o café da manhã tristes, pela pressão, e ficam mesmo incorformados que tenham que passar o absurdo de repouso por uma semana numa UTI! Perdendo tempo, e dinheiro, e com o risco de fechar o negócio !(que muitas vezes funciona melhor na sua ausência). São os que se consideram indispensáveis!
    Outra interpretação é daqueles que se deixam abater pela tristeza e nunca tomam um bom café da manhã, e quem sabe só descobrirão esta alegria quando já não mais puderem tomar o café “nestes tempos”, e terõ que tomá-lo ” em outro lugar” para descobrir a alegria de compatilhar o café da manhã.
    outra interpretação ainda é que com o nosso exemplo em mantermos a alegria do café da manhã, vamos “contagiando” aos demais que o tomam tristes, até que um dia estes possam ver a alegria do café.
    Em fim, creio que precisaria entender melhor a “parábola do café da manhã”.

    Abraços

    Valdir

    PS: Muito bom o artigo no Boletim da Paróquia Nosa Senhora do Brasil sobre Maria e José: pais e catequistas.

  2. Marco disse:

    Olá Valdir

    O contexto passado foi que as pessoas continuam cada um sua própria vida depois da morte de alguém quem tentou “abraçar o mundo”. Os colegas de trabalho podém até ficar tristes com a partida de alguém mas que com o tempo, todos acabam esquecendo do motivo que levou aquele a morte ou até pior, acabam esquecendo daquele colega…

    Sobre o artigo, ele pertence ao nosso amigo Heraldo. Infelizmente o informativo foi publicado com o nome errado do autor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s