Conhecendo mais a fé

Ao ler um pequeno artigo no jornal O Estado de São Paulo de 29/09/10, achei oportuno transcrevê-lo aqui como forma de nos interpelar a respeito de como andam nossos conhecimentos sobre a fé católica. Eis o texto:

Nos EUA, ateus sabem mais sobre doutrinas – Nos Estados Unidos, as pessoas que mais conhecem as doutrinas religiosas alheias são os agnósticos e os ateus, atesta estudo do Instituo de Pesquisas Pew. Por meio de questionário respondido por 3,4 mil adultos, o instituto observou que os descrentes acertaram 65% das perguntas, enquanto protestantes acertaram 50 % e católicos, 46%.”

Deixando de lado a polêmica sobre a representatividade ou correta amostragem da pesquisa, além de algum outro caráter difamatório da fé dos católicos exposto por ela, há que se admitir que geralmente os católicos são os que menos conhecem as verdades e riquezas de sua fé.

Neste último dia do mês de setembro, mês em que se dedica especial atenção à Palavra de Deus na Igreja Católica, fazendo memória a São Jerônimo (aquele que traduziu a Bíblia para o latim – a Vulgata), devemos nos questionar se estamos tendo tempo para uma leitura orante das Sagradas Escrituras. Elas nos revelam toda a história de nossa salvação, de forma que precisamos conhecê-la mais e ensiná-la aos nossos filhos desde a mais tenra idade. Histórias sagradas contadas com toques de sabedoria às crianças, ficarão para sempre gravadas em seus corações e mentes.

Que possamos reverter esta imagem divulgada em nossa sociedade de que os católicos são pessoas que vivem sua fé de qualquer jeito. Que pela intercessão de São Jerônimo possamos crescer no conhecimento da Palavra de Deus e das demais fontes de revelação da fé católica, ou seja, nos conteúdos a nós transmitidos pela Tradição e nos documentos publicados pelo magistério da Igreja.

Abraços e até a próxima semana.

Heraldo

Anúncios
Esse post foi publicado em Pais+Filhos. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Conhecendo mais a fé

  1. Lutfe disse:

    Heraldo, muito legal o texto, isso me fez pensar sobre a espirutalidade do catolicismo e verificar o quanto é rica a mesma, no sentido da obtenção de virtudes e contato com Deus. Obrigado, Lutfe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s