O Papa no Reino Unido

Caros leitores

O Papa Bento XVI concluiu mais uma viagem. Desta vez ao Reino Unido, onde esteve para a beatificação do Cardeal Newman, além de promover uma maior aproximação com os anglicanos.

Não faltaram aqueles que foram molestar ao papa, mediante protestos de toda sorte com a finalidade de humilhar o Santo Padre. Por outro lado, Bento XVI reconheceu que a Igreja Católica necessita de maior agilidade na apuração de determinados acontecimentos que mancharam e envergonham os verdadeiros seguidores de Cristo.

No entanto, o noticiário comum, restringe a estes fatos a viagem do Papa. É difícil ler alguma reportagem que fale do esforço do Papa numa reaproximação das denominações cristãs. Que elogie o Papa pelo trabalho em procurar uma atitude que venha a colaborar para uma maior união entre povos que separaram há séculos, para que possam retomar o verdadeiro caminho para Cristo. Alguém que reconheça o empenho deste homem octogenário em viajar e revelar-se humilhado para conseguir ser ouvido por muitos que se afastaram de Cristo, e procura-os como o Bom Pastor vai à busca das ovelhas desgarradas.

È necessário ir além do noticiário comum, que procura minimizar a ação do Papa, quando não até restringi-la a momentos que possam humilhá-lo, ou até mesmo  lançar um julgamento duvidoso.

Como católicos, nossa atitude deve ser antes de tudo de oração pelo Santo Pontífice. Estar solidário nas suas intenções. Pedir pela união dos cristãos, de acordo com o mandamento de Cristo. Reconhecer na cabeça da Igreja, esta autoridade, que se faz servo para poder salvar o maior número possível.

“ Em verdade, em verdade te digo: Quando tu eras mais novo, cingias-te e ias onde desejavas; mas, quando fores velho, estenderás as tuas mãos e outro te cingirá e te levará para onde tu não queres.” (Jo 21,18)

Assim cumpre a sua missão, e a profecia de Cristo, o Papa Bento XVI.

Dediquemos no dia de hoje uma oração ao papa, e recordemo-nos diariamente do peso da sua missão, em solidariedade cristã.

 Até a semana

Valdir Reginato

Anúncios

Sobre vreginato

Casado e tem três filhos. Médico e Terapêuta de Família. Professor de Bioética, Históra da Medicina e Espiritualidade e Mediicna na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), membro do Centro de História e Filosofia das Ciências da Saúde da Unifesp, Coordenador da Pastoral da Família da Paróquia Nossa Senhora do Brasil
Esse post foi publicado em Palavra da Igreja. Bookmark o link permanente.

2 respostas para O Papa no Reino Unido

  1. Lutfe disse:

    Dr. Valdir, que artigo lindo, que belas palavras em favor do nosso Papa Bento XVI, que Deus lhe abençõe e com certeza irei orar pela alma de nosso amado Papa. Para mídia só interessa as notícias ruins infelizmente e, por incrível que pareça expor as notícias boas exigem coragem e confiança. Obrigado, Lutfe

  2. Adão Negro disse:

    [o post foi editado por conter palavras de baixo calão ou ofensivas para o publico em geral]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s