Cinedebate – À procura da Felicidade – Gabriele Muccino

Bem-vindos a mais um “No Sofá da Sala”!

Que tal comentarmos alguma coisa (fonte: AbacaxiAtomico – recomendo o blog!!!) sobre o filmaço:

À Procura da Felicidade

felicidade.jpg

Chris Gardner está em busca de um emprego. Todos os dias, ele precisa vender scanners que custam em média 250 dólares para pagar as contas da casa. Convivendo muitos meses com dívidas, sua esposa o deixa. Ela vai para Nova York em busca de trabalho. Ele se incumbe de cuidar do filho de seis anos, Christopher.

Paralelamente, tenta trabalho numa corretora de valores. Consegue trabalho como estagiário. Aceita a proposta mesmo não tendo garantias e salário. Para ser efetivado, precisa passar numa prova. Estuda muito nas horas vagas. Frente às dívidas da casa, pai e filho são despejados. Dormem no banheiro do metrô. Nos outros dias, vão para os abrigos da cidade, muito disputados entre os moradores de rua. Em meio a tantas dificuldades, Gardner tenta melhorar a sua vida e a de seu filho sem perder a esperança e suas convicções.

Trailer do Filme

Comentários

O filme não se preocupa em surpreender o espectador, já antecipa um “final feliz” ao mostrar Gardner falando em off “Esta parte da minha vida se chama…” durante vários momentos do filme, como se estivesse lendo sua biografia.

Entretanto, são os detalhes da história que chamam a atenção. Quando Gardner consegue a entrevista com uma empresa às 10h30 da manhã do outro dia, a polícia o leva à delegacia para pagar as multas. Sai de casa no momento em que estava pintando a parede de sua casa. Fica preso, até seu cheque ser compensado no dia seguinte às 9h30. Com pouco tempo, acaba saindo direto da prisão para entrevista de trabalho. Mesmo sujo de tinta e vestindo inadequadamente, é aceito como estagiário.

A relação pai – filho é outro ponto forte da história. Apesar das dificuldades, Chris está sempre ali apoiando o seu pai, acreditando nele. O humor acompanha a relação dos dois. As piadas são contadas nos momentos mais difíceis da trama. O riso permite que abstraiam e consigam conviver com aquela dura realidade de modo menos traumático.

A atuação de Jaden Smith – filho de Smith na vida real – é brilhante. A sintonia entre eles aumenta a sensação de realidade presente no filme. As expressões e as piadas feitas pelo garoto em situações difíceis enriquecem a trama.

Um ponto fraco do filme é o fato do diretor não mostrar mais a mãe, depois que ela vai para Nova York. Isso se mostra estranho porque contraria a relação de carinho estabelecida no início do filme entre mãe e filho. Não existe também uma tentativa em explicar como ela está em Nova York. O filme se concentra na trama entre pai e filho e explica muito mal a ausência da mãe.

Alguns dramas que guardam semelhanças narrativas com À Procura da Felicidade são Ladrões de Bicicletas (1948) e A Vida é Bela (1997), facilmente encontrados em locadoras. O primeiro mostra as dificuldades de um pai conseguir emprego, dele ter sua bicicleta roubada e o filho estar com ele durante todo o tempo o consolando. O segundo por apresentar uma história bem humorada entre pai e filho num período tão conturbado como a 2º guerra mundial.

Ficha técnica:

The Pursuit of Happyness. EUA, 2006. Direção de Gabriele Muccino. Com Will Smith, Jaden Smith, Thandie Newton, Brian Howe, James Karen, Dan Castellaneta. Cor, 117 min.

Site IMDB: http://www.imdb.com/title/tt0454921/

Bom final de semana!!!

Anúncios

Sobre Familia Guarita

Zé (José Armando - engenheiro civil) e Malu (Maria Lucia - médica fisiatra) se casaram em junho de 2009 na igreja Nossa Senhora do Brasil. Ao se inscreverem para casar nesta igreja, conheceram o pároco Pe Michelino, que os chamou para participar da Pastoral da Família. Durante seus 1 ano e 9 meses de noivado, e atuais 2 anos de casados, eles vem participando das palestras quinzenalmente, tal como de sua organização. "Estes 4 anos de participação na Pastoral da Família fizeram com que aprendêssemos muito e esperamos agora poder contribuir bastante com esse novo meio de aprendizado que é o blog Casa de Família"
Esse post foi publicado em No sofá da sala. Bookmark o link permanente.

6 respostas para Cinedebate – À procura da Felicidade – Gabriele Muccino

  1. Lutfe disse:

    Não gostei deste filme, toda questão da felicidade está relacionada a obtenção de maiores recursos financeiros, para melhor condição de vida. De fato, ter recursos é importante principalmente quando queremos dar uma boa escola para nossos filhos e para poder pagar um plano de saúde, já que a saúde pública e a educação pública não consegue ser um bom serviço ao cidadão. A verdadeira Felicidade está em Deus!!!!!!!!!!! Sei que vocês também pensam assim, valeu a indicação para podermos fazer esta reflexão. Abraços, Lutfe.

    PS a parte motivacional do filme, do amor que ele tem pelo filho é bem interessante, mas é isso…

    • Faissal disse:

      boa noite!
      ja conversei com o Lutfe sobre este filme. na verdade vejo tudo isso de outra forma. todo o esforço feito pelo protagonista foi para propiciar uma vida melhor ao seu filho. imagino que ele nunca pensou que ficaria tão rico. o dinheiro, neste caso, serviria para dar dignidade a ele e ao seu filho, que chegaram a dormir no metro. todo o esforço foi para alcançar uma patamar de vida melhor. depois que ele conseguiu, ai sim, tornou-se extremamente rico, mas nao acho que este era o objetivo inicial. alem disso não podemos julgá-lo, pois com tanto dinheiro, talvez ele tenha condicoes de ajudar os mais necessitados. pode ser que o faça.
      gostei muito do filme. uma demonstracao de amor ao filho e força de vontade
      abraços

  2. Familia Guarita disse:

    Obrigado pelo post, Faissal. Foi por isso mesmo que eu postei. Também gostei do filme. Um abraço.

    • Faissal disse:

      existem filmes brasileiros que poderiam ser debatidos. além de bons filmes, trazem questoes importantes da sociedade brasileira. o contador de historias, por exemplo, é um excelente filme. existem alguns ja consagrados, como Cidade de Deus e Tropa de Elite, que expõem problemas socias e talvez mereçam alguma reflexão. dentre outros.

  3. Familia Guarita disse:

    Olá Faissal, em primeiro lugar obrigado pelas excelentes contribuições que vc da a esse blog. Por acaso vc gostaria de produzir um comentário / discussão / debate sobre um dos filmes q vc sugeriu p compartilhar c os leitores? Será muito bem vindo!!! Um abraço e obrigado, novamente.

    • Faissal disse:

      obrigado pela sua mensagem e pelo convite. com muito prazer aceito o seu convite. veja qual filme vc entende ser o mais adequado e me avise. eu tenho todos eles em casa e poderei assisti-lo novamente. estou a disposicao. talvez precise de alguma orientaçao ou direçao no que se refere a montagem do grupo de discussao e etc. mais uma vez obrigado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s