Assunção de Nossa Senhora

 

O mês de Agosto foi dedicado à Família. Passamos pelo dia 15 de Agosto sem dar atenção a festa da  ASSUNÇÃO de NOSSA SENHORA , a quem gostaríamos de recordar e render homenagem.

Falar de Família é falar de Nossa Senhora, mas é preciso que se dê uma atenção especial a mais pura e especial de todas as criaturas. Iniciando pela anunciação do Anjo Gabriel, passando pelo hino de louvor do Magnificat, vivenciando sua ansiedade diante da falta de conhecimento de José acerca da sua gravidez, percorrendo  o caminho até Belém de modo tão cansativo, contemplando o nascimento do Menino na gruta de Belém. Fugindo com ela para o Egito, e acompanhando o seu retorno para Nazaré, onde vivencia a aflição de perder  a Jesus  e encontrá-lo no templo. Alegrando-se por sua intercessão para socorrer aos noivos nas Bodas de Cana  da Galiléia. Permanecendo com ela junto à cruz, durante a Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo. Em silêncio jubiloso entramos na sala onde com os Apóstolos receberemos o fogo do Espírito Santo junto a Maria. Ela sempre está onde é mais importante, e mesmo imprescindível, e não se revela onde pode passar desapercebida pela ação de seu Filho.

Contudo é na Cruz, que Cristo nos deixa, claramente, Maria como nossa mãe na pessoa do jovem Apóstolo João, que representa toda a humanidade.  Desde então ela não deixa de interceder por nós, de permanecer conosco, mesmo diante do nosso esquecimento, e falta de atenção.

A esta pessoa inigualável, não poderia alcançar a morte. Por isso dizemos por tradição na Igreja Católica da festa da “dormição” e a seguir a sua Assunção aos céus. Assunta aos céus, mas presente sempre junto de nós.

Que esteja Maria, permanentemente  conosco, incentivando-nos, alegrando-nos, consolando-nos, carinhosamente, como nem todas as mães do mundo juntas pode fazer. Agradecer a Maria é elevar todos os dia o pensamento para ela, ao despertar e ao se recolher, ao meio dia no Angelus, e as seis da tarde no entardecer.  Conviver com Maria, é permanecer junto de Deus.

Que ela abençoe a todos nesta semana.

Até terça.

Anúncios

Sobre vreginato

Casado e tem três filhos. Médico e Terapêuta de Família. Professor de Bioética, Históra da Medicina e Espiritualidade e Mediicna na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), membro do Centro de História e Filosofia das Ciências da Saúde da Unifesp, Coordenador da Pastoral da Família da Paróquia Nossa Senhora do Brasil
Esse post foi publicado em Palavra da Igreja. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Assunção de Nossa Senhora

  1. lutfe disse:

    Valdir, os seus posts são sensacionais. Vivenciei verdadeiramente a presença de Nossa Senhora em minha vida com suas palavras. Que outros possam lê-lo e também refletir. Um abraço, da amigo Lutfe

  2. Cristiane disse:

    Realmente Maria está caminhando conosco e nos ampara. Gostaria de partilhar uma pequeno testemuho a respeito de interecessão amorosa de nossa querida mãe:
    Eu e, na época, meu namorado havíamos decidido ficar noivos no dia 8 de dezembro – dia de Nossa Sra Imaculada Conceição. Combinamos de nos encontrar na missa das 18h na paróquia que participávamos. Mas naquele dia, tive um dia cheio no trabalho e, muito cansada, cheguei na missa mal-humorada. Ele, me vendo daquele jeito, também ficou quieto.
    Depois da missa fomos pra minha casa – eu morava sozinha, na cidade em que tinha feito meus estudos – e lá ficamos, um pra cada lado… Depois de algum tempo, o telefone toca: era a mãe dele querendo saber como estávamos – ele tb morava longe dos pais – e ela sabia que iríamos ficar noivos naquele dia. Atendi ao telefone e disse como estava cansada e tal. Imediatamente ela aconselhou: não fique assim não. Abram um vilho e relexem! Nessa hora, senti a presença de Maria: minha sogra se chama Ana Maria, é mãe e intercedeu pelo vinho.
    Percebi o quanto Maria nos amava e olhava por nossa felicidade. Foram sinais muito claros! Pois mandei o mau humor pra longe e brindamos nosso noivado com um vinho muito saboroso. Hoje somos casados há 9 anos e temos dois filhos.
    E é claro: o evangelho das Bodas de Caná foi o escolhido para a missa do nosso casamento!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s