Visão estratégica

Ola

  Está no site Manager online: que quando uma pessoa tem visão estratégica, isto quer dizer que ela tem uma qualidade especial para perceber as coisas.

  Quem acompanhou o celebração eucarística neste fim de semana deparou-se com o trecho do evangelho que narra a parábola da grande colheita (aqui). O texto acompanhado pela brilhante homilía do nosso pároco, Pe Michelino Roberto, me levou a uma reflexão sobre o tema-título, o qual quero compartilhar com vocês.

  Quem de nós tem esta visão estratégica ? Planejar o futuro financeiro da empresa para o próximo ano-fiscal ou Fazer a projeção de sua carreira podem ser decisões dificeis de tomar e com grande necessidade de visão. Um alto cargo em uma empresa pode gastar anos e anos de planejamento e dedicação para conseguir, mas usando o ensinamento do evangelho, tudo isso pode lhe ser tirado em segundos… e ai como ficamos ??  Quantos pais (e mães) não deixam de lado a familia e amigos, para mergulharem no trabalho e assim conseguir crescer na carreira…

  O texto da homilia nos leva a refletir sobre uma visão estratégica completa, que obrigatóriamente deve-nos remeter a Deus, fonte de vida e morada eterna. Uma estratégia para adquirir um grande capital financeiro, pode levar anos, ou até uma vida toda, sem que possamos aproveitá-la de maneira conveniente, nos fazendo jogar fora anos e anos de dedicação…

  Temos sido condicionados a ter uma visão extremamente limitada de nossos poucos anos aqui na terra. Buscando conseguir grande riqueza em 40, 50 anos, perdemos o tempo precioso de conseguirmos algo muito mais valioso para cada um de nós: a vida eterna.

  Usando as palavras da homilía, gostaria de terminar dizendo:

  “Se for pra gastar tanto tempo e energia assim para conseguir um objetivo, que este objetivo seja o céu…

boa semana a todos !!

Anúncios

Sobre Marco

Marco é casado com Mariana e tem os pequenos Carol e Rafael. Ele é formado em Tecnologia da Informação, pós graduado em administração e trabalha há 14 anos no mercado corporativo de TI. Atua na Igreja Católica desde a adolescência, participando de grupo de jovens, ministérios de música e equipes de evangelização. Está na pastoral da familia da paróquia Nossa Senhora do Brasil desde 2007, atuando junto às familias e aos casais que buscam o matrimônio.
Esse post foi publicado em Familia&Trabalho. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Visão estratégica

  1. Luiz Coelho disse:

    Bom dia…

    Jesus, no Evangelho, utiliza a palavra Mamon, quando afirma que não é possível servir simultaneamente a Deus e a Mamon (Lucas 16:13). A palavra Mamon, é uma transliteração da palavra hebraica “Mamom” (מָמוֹן), que significa literalmente “dinheiro”.A palavra, no texto original, também é citada no Evangelho de Mateus:

    “Não ajunteis para vós tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam mas ajuntai para vós tesouros no céu, onde nem traça nem ferrugem corroem e onde ladrões não minam nem roubam:

    Para onde está o teu tesouro, aí estará o seu coração também.”Ninguém pode servir a dois senhores, porque ou há de odiar um e amar o outro ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas. (Mateus 6:19-21,24).

    Não vejo problema algum em obter recursos financeiros para que possamos, neste mundo, ter condições mínimas de conforto para nós e nossa família. O problema está em não ter o dinheiro apenas como um meio, mas tê-lo como uma meta de vida. Para evitar a ganância e saber até quanto você deve ir na busca das riquezas materiais em detrimento dos bens espirituais indico um livro :

    Quando Tudo Não é o Bastante – HAROLD KUSHNER ( Editora Nobel ).. Um livro de rara beleza escrito para aquelas pessoas que, perdidas em meio ao corre-corre do mundo atual, não encontram tempo para pensar nas coisas que realmente importam na vida. Uma obra que nos estimula a seguir em busca do crescimento pessoal.

    Abraço

  2. Valdir disse:

    Marco

    Interessante que este evangelho tenha se seguido ao do domingo anterior que falava de Marta e Maria, quando Jesus afirmava que Maria tinha escolhido a melhor parte, que não lhe seria tirada.

    Agora temos o evangelho do rico fazendeiro que trabalha muito nas coisas que podem ser tiradas em um instante pela chamada da morte.

    Talvez um dos muitos aprendizados desta parábola é que o verdadeiro tesouro que garante o “futuro” está em realizar com santidade as coisas pequenas do dia-a-dia. Como fala o Mestre em outro trecho: ” a cada dia basta as suas preocupações” . O mais é confiar NEle.

    Abraços

    Valdir

  3. lutfe disse:

    Marco, estava na missa do Pe. Michelino e lembro-me dele dizendo estas palavras na missa um verdadeiro testemunho de fé. Acredito que esta também deva ser a missão de todos nós, buscar o céu e fazer com que outros também O atinjam. Abraços, Lutfe

  4. Pingback: Repassando 2010 | Casa de Familia

  5. Pingback: O que eu faço agora ? | Casa de Familia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s