Você segue as regras ?

Ola

  Tenho acompanhado frequentemente na sociedade atual, as pessoas questionarem determinadas regras da Igreja Católica nos mais diversos assuntos que a doutrina cristã abrange. Confesso que isso me entristesse. Não pelo fato do questionamento em si, pois ele é importante para a evolução do ser humano, mas pela natureza deste questionamento.

  Alguns de vocês devem ter acompanhado um antigo post que fiz sobre Celular X Avião. Em uma viagem recente flagrei 2 outros casos como citado naquele post. O primeiro, um executivo lia seus emails no avião, mesmo este já prestes a decolar; ao ser chamado atenção por um outro passageiro ao lado, ele o destrata, dizendo alguma coisa do tipo: “cuide da sua vida”. No segundo caso um passageiro ouve música pelo seu celular ligado já em pleno voo. Ao ser questionado pela aeromoça sobre aquela situação, ele nada responde e continua a ouvir sua música. Ele somente desliga o aparelho quando a funcionária informa que ela seria obrigada a confiscar o equipamento.

  Um outro fato. Todos nós acompanhamos aquelas fatídicas estatísticas de acidentes e mortes nas estradas depois de cada feriado. Qual é quase a maioria absoluta dos motivos levantados ?… Acertaram – excesso de velocidade….

  Isso sem contar em donos de empresas que economizam em  em EPIs (equipamento de proteção individual) para seus funcionários, colocando-os em risco.

  São estes tipos de questionamentos que em entristessem. Analisando os 3 exemplos acima vemos que se não estamos dispostos a seguir regras de segurança físicas (criadas para nossa segurança), por causa de nossa própria conveniência ou até por achar que nosso julgamento sobre este fato é mais preciso do que dos expecialistas, quanto mais o faremos sobre as verdades da fé…

Porque diante de Deus não são justos os que ouvem a lei, mas serão tidos por justos os que praticam a lei.”  Romanos 2,13

 Boa semana a todos

Anúncios

Sobre Marco

Marco é casado com Mariana e tem os pequenos Carol e Rafael. Ele é formado em Tecnologia da Informação, pós graduado em administração e trabalha há 14 anos no mercado corporativo de TI. Atua na Igreja Católica desde a adolescência, participando de grupo de jovens, ministérios de música e equipes de evangelização. Está na pastoral da familia da paróquia Nossa Senhora do Brasil desde 2007, atuando junto às familias e aos casais que buscam o matrimônio.
Esse post foi publicado em Familia&Trabalho. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Você segue as regras ?

  1. Valdir disse:

    Marco, bom dia!

    É fato. Precisamos obedecer a tantas leis dos homens, a respeito de inúmeros procedimentos do cotidiano, desde as normas para a uitilização de um simples aparelho eletroeletrônico, como ao semáforo que pode decidir a tua vida, caso arrisque passar no vermelho. Tantas regras, e muitas cercadas de incertezas e dúvidas. O aparelho pode vir com defeito da fábrica e não funcionar conforme o manual, o motorista que vem no cruzamento pode não ver o farol vermelho,… No entanto nos esforçamos por cumprí-las pela convivência social.

    Deus, quem nos fez e conhece exatamente as condições de cada um de nós, nos deixou também as orientações necessárias para a felicidade eterna, centradas nos Dez Mandamentos (somente dez, muito menos do que qualquer manual de geladeira, ou celular), e Cristo ainda “simplificou” em “Amar a Deus sobre todas as coisas, com todo o entendimento e coração, a ao próximo como a si mesmo”. E mesmo assim nós duvidamos constantemente e não colocamos pelo menos o mesmo empenho que seguimos para conseguir jogar com as leis de uma partida de futebol!

    Abraço

    Valdir

  2. Luiz Coelho disse:

    Bom dia a todos….não vou muito além (para a espiritualidade)…vou me ater mais aos assuntos terrenos sobre algumas regras quebradas….vejamos uma lista do que muitos fazem :

    1. – Saqueiam cargas de veículos acidentados nas estradas.

    2. – Estacionam nas calçadas, muitas vezes debaixo de placas proibitivas.

    3. – Subornam ou tentam subornar quando são pegos cometendo infração.

    4. – Trocam votos por qualquer coisa: areia, cimento, tijolo, dentadura.

    5. – Falam no celular enquanto dirige ou nos aviões.

    6. -Trafegam pela direita nos acostamentos num congestionamento.

    7. – Param em filas duplas, triplas em frente às escolas.

    8. – Violam a lei do silêncio.

    9. – Dirigem após consumir bebida alcoólica.

    10. – Furam filas nos bancos, utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas.

    11. – Espalham mesas, churrasqueira nas calçadas.

    12. – Pegam atestados médicos sem estarem doentes, só para faltar ao trabalho.

    13. – Fazem gato de luz, de água e de TV a cabo.

    14. – Registram imóveis no cartório num valor abaixo do comprado, muitas vezes irrisórios, só para pagar menos impostos.

    15. – Compram recibo para abater na declaração do imposto de renda para pagar menos imposto.

    16. – Mudam a cor da pele para ingressar na universidade através do sistema de cotas.

    17. – Quando viajam a serviço pela empresa, se o almoço custou 10 pede nota fiscal de 20.

    18. – Comercializam objetos doados nessas campanhas de catástrofes.

    19. – Estacionam em vagas exclusivas para deficientes.

    20. – Adulteram o velocímetro do carro para vendê-lo como se fosse pouco rodado.

    21. – Compram produtos pirata ou roubados, com a plena consciência de que os são.

    22. – Substituiem o catalisador do carro por um que só tem a casca.

    23. – Diminuiem a idade do filho para que este passe por baixo da roleta do ônibus, sem pagar passagem.

    24. – Emplacam o carro fora do seu domicílio para pagar menos IPVA.

    25. – Freqüentam os caça-níqueis e fazem uma fezinha no jogo de bicho.

    26. – Levam das empresas onde trabalha, pequenos objetos como clipes, envelopes, canetas, lápis…. como se isso não fosse roubo.

    27. – Comercializam os vales-transporte e vales-refeição que recebem das empresas onde trabalha.

    28. – Falsificam tudo, tudo mesmo… só não falsificam aquilo que ainda não foi inventado.

    29. – Quando voltam do exterior, nunca dizem a verdade quando o fiscal aduaneiro pergunta o que trazem na bagagem.

    30. – Quando encontram algum objeto perdido, na maioria das vezes não devolvem.

    31. – Quando recebem troco a mais, ficam quietos e não devolvem.

    32. – Fingem que estão dormindo para não ceder o lugar para os idosos ou deficientes.

    33. – Jogam lixo nas ruas quando não estão sendo observados.

    34. – Vendem o carro para desmanches ou receptadores e dão queixa de furto.

    35. – Adulteram combustíveis, alimentos e remédios…

    E essas mesmas pessoas AINDA querem que os políticos sejam HONESTOS?!?!?!?!?!…Escandaliza-se com todas as notícias da mídia.

    Esses políticos que aí estão saíram do meio desse mesmo povo. Ou não?

    Os políticos são esses mesmos brasileiros, só que com maiores regalias, imunidades e oportunidades… totalmente legalizadas pelo cargo.

    Então sugiro adotarmos uma mudança de comportamento, começando por nós mesmos, com nossos filhos, amigos, familiares e onde mais for necessário!

    Vamos dar o bom exemplo!

    “Fala-se tanto da necessidade deixar um planeta melhor para os nossos filhos e esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores (educados, honestos, dignos, éticos, responsáveis) para o nosso planeta, através dos nossos exemplos…”

    Abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s