24hs

Ola

Há algumas semanas atrás, um colega de trabalho falava dos cursos que ele estava fazendo sobre “gerenciamento de tempo”, visando maior produtividade no ambiente de trabalho.

Ouvi atentamente os recursos, processos e regras passados no curso e depois fiz o seguinte comentário:  Temos 24hs no dia. Isso não mudou desde os tempos da criação…. Pense do seguinte modo. Usamos pelo menos 6 horas para dormir, e umas 4 horas para higiene e alimentação. Nos sobram 14 horas no dia. Se tirarmos as 8 horas padrões de trabalho nos sobram 6 horas.

Argumentei com ele que não se tem muito o que fazer neste caso. Imaginem o universo de coisas que temos que realizar no nosso dia-a-dia somente em 6 horas !! Por mais que tenhamos um “gerenciamento de tempo”, o que precisamos mesmo é ter a tranquilidade de saber que nem tudo pode ser feito nas nossas limitadas 24hs, em questão de tempo, precisamos muito mais escolher do que gerenciar.

Ele não concordou comigo e isso faz parte da liberdade de cada um. Eu entendo que por mais que tenhamos técnicas “modernas” de gerenciamento de tempo, nossa vida ainda anda como antigamente. Dividimos nosso tempo entre familia, trabalho e nós mesmos. (em fatias não muito equilibradas)

boa semana a todos

Marco

Anúncios

Sobre Marco

Marco é casado com Mariana e tem os pequenos Carol e Rafael. Ele é formado em Tecnologia da Informação, pós graduado em administração e trabalha há 14 anos no mercado corporativo de TI. Atua na Igreja Católica desde a adolescência, participando de grupo de jovens, ministérios de música e equipes de evangelização. Está na pastoral da familia da paróquia Nossa Senhora do Brasil desde 2007, atuando junto às familias e aos casais que buscam o matrimônio.
Esse post foi publicado em Familia&Trabalho. Bookmark o link permanente.

5 respostas para 24hs

  1. vreginato disse:

    Marco

    A palavra “gerenciamento do tempo”, tema de inúmeros manuais nas livrarias, frequentemente estão associadas a um lucro financeiro, ou a um retorno pessoal de satisfação.
    Hoje ninguém pode, ninguém tem o direito de “perder tempo”. Acho incrível, porque explicar a uma criança pequena que você colocou um horário , digamos das 18:00 às 18:30 na agenda para ela, é meio complicado.
    Penso que mais do que gerenciar o tempo, devemos estar atentos a nossa “postura” diante da vida. Uma postura a serviço do próximo, que cresce na medida que sabemos resolver nosso trabalho com presteza, deixando a maior parte do tempo para os demais.
    É certo que isto exige agenda e dedicação, mas é preciso reforçar que a “postura de disponibilidade” garante 24 horas com maior alegria.
    Lembramos que disponibilidade não significa dizer SIM a tudo que nos pedem, mas saber hierarquizar, e aí vale a lapidar sequência de valores: Deus , Família e Trabalho.

    Abraço

    Valdir

  2. Lutfe disse:

    Marco, entrei ontem no site e não tinha visto seu post e senti a falta do mesmo. Em tempo, você coloca, como sempre vem fazendo, a coragem na argumentação para valorizar a família sob a ótica da vida cristã e divina. Obrigado pela palavras, me fez sentir inserido. Abraços, Lutfe,

  3. Luiz Coelho disse:

    Bom dia Marco, estava com um gripe que fiquei afastado esses dias e não abri o computador.

    Vou ver se consigo gravar pra você uma palestra que assisti sobre o gestão do tempo. Nela o palestrante analisa o tempo que tínhamos desde a época do feudalismo até os tempos atuais. Você verá que antes as pessoas só tinham tempo para trabalhar…e hoje como você disse, temos tempo até para o Lazer, o crescimento pessoal, etc.

    Hoje tempos mais tempo “livre” do que antes, e mesmo assim estamos sempre querendo mais….Isso porque antes só se pensava no agora…era necessário trabalhar apenas….hoje pensamos no futuro, na educação dos filhos…Antes a mulher se responsabilizava pelos problemas domésticos; mas por dificuldades econômicas, elas passaram a trabalhar para aumentar a renda da família; e a casa e os filhos tiveram de ser deixados com as escolas ou babás…e esse tempo com a família, foi retirado e passou a ter de se ajustar ao tempo “livre”.

    Se contar finais de semanas, feriados, férias….o nosso tempo ”livre” é ENORME, …compare com o Japão , por exemplo ! O próprio mundo foi feito em 07 dias…..tempos que aprender a respeitar e aguardar….a paciência é uma virtude…

    Um texto bem humorado e rápido de ler é o livro “Comer, Rezar, Amar” de Elizabeth Gilbert…o modo como ela passou 01 ano da vida vendo que existe sim tempo de sobra para fazermos de tudo nesta vida é bem interessante.

    Abraço

    Luiz

    • Marco disse:

      Oi Luiz

      Melhoras pra vc !!

      Não vou me lembrar agora, mas foi um médico francês, um tempo depois da revolução industrial, que “inventou” a jornada de trabalho. Após alguns testes ele percebeu que o equilibrio de 8h por dia por atividade essencial (8hs trabalho – 8hs sono – 8hs lazer) levava a uma produtividade muito melhor para um trabalhador do que qualquer outro equilibrio de horas entre essas 3 atividades. Ele descobriu também que intervalos de 10 a 15 minutos durante o trabalho melhoravam o concentração dos funcionarios de uma empresa durante o trabalho. Para mim, todo trabalho de gerenciamento de tempo acabou ali. O que vejo hoje como “gerenciamento de tempo” é achar um jeito de encaixar atividades que teriam que ser feitas em 10hs para serem feitas em 8hs (o que acaba não sendo verdade e te seguram mto mais tempo no trabalho)

      Concordo com vc, dizendo que hoje temos mais coisas para nos preocuparmos e talvez, por isso, sintamos que o tempo nos falta. Porém me lembro (vagamente) de um curso de gerenciamento de tempo que fiz no inicio de carreira. Alguns dos tópicos eram:
      * Como eliminar a distração no ambiente de trabalho
      * Momento do cafezinho, produtivo ou perda de tempo ?
      * Otimizando seu almoço

      (…)
      ate
      Marco

  4. Pingback: Escolhas e renúncias | Casa de Familia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s