Aproveitando bem o tempo

É de suma importância para nossos filhos que os ensinemos a administrar bem o tempo diante dos compromissos que o ritmo de vida os impõe. Devemos estar sempre atentos para evitar os extremos desta questão: o da ociosidade e o do excesso de atividades. Os padrões de educação deste início de século XXI tendem a impor uma sobrecarga nos ombros das crianças e jovens em função da quantidade de compromissos que a mesma assume, a saber, escola, curso de inglês, aula de música, ginástica, natação e outros mais. Devemos sim nos preocupar com a boa formação de nossos filhos e tentar evitar que percam seu tempo sem alguma ocupação. São João Bosco já alertava que “mente vazia é oficina do diabo” e procurava sempre ocupar seus jovens com algum tipo de atividade. Entretanto, é sempre bom lembrar que o tempo do lazer também é precioso e necessário ao desenvolvimento da criança ou adolescente. Ter um tempo para brincar livremente sem o peso de uma hora marcada para isso é algo que faz muito bem para sua mente. E desde que esteja brincando ou praticando algum esporte sadiamente, não estará perdendo tempo. A quantidade exagerada de compromissos faz com que a pessoa perca um pouco o sentido do valor da vida, do tempo de convivência com os familiares e amigos e das horas de descanso que também lhe são necessárias. Hoje é comum encontrarmos jovens que não conseguem estar um tempo sequer sem alguma atividade que já se sentem incomodados, ou seja, acabam se tornando escravos do tempo.

A Palavra de Deus nos exorta através do Salmo 89: “Ensinai-nos a bem contar os nossos dias para alcançarmos o saber do coração” (Sl 89,12). Também na Carta de São Paulo aos Efésios: “Vigiai, pois, sobre a vossa conduta: que ela não seja conduta de insensatos, mas de sábios que aproveitam ciosamente o tempo, pois os dias são maus” (Ef 5,15).

Que o Espírito Santo nos ajude a administrar bem o nosso tempo, sem nos tornarmos escravos dele e assim também ensinarmos aos nossos filhos.

Abraços e até a próxima semana.

Heraldo

Anúncios
Esse post foi publicado em Pais+Filhos. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Aproveitando bem o tempo

  1. Valdir Reginato disse:

    Caro Heraldo

    Ler os seus artigos, já esperados, tem sido sempre uma ótima maneira de utilizar bem o tempo. Obrigado.

    Valdir

  2. Cristiana disse:

    Gostei muito do artigo!!

    Cristiana

  3. Cristiane disse:

    Oi, Hera,

    Sabe que outro dia estava falando para uma amiga – da Comunidade Emanuel – que os meninos gostam de jogar video-game e, às vezes, é uma boa opção, por exemplo se o tempo lá fora está ruim e se eles não têm mais nada para fazer… Mas aí veio a resposta dela. Para minha surpresa, ela falou que às vezes é bom que eles não tenham nada para fazer. O excesso de compromisso ou de atividades, de fato, pode prejudicar. Não ter o que fazer pode ajudar no sentido de ter tempo para buscar um livro, descansar, conviver com a família… Mais uma vez cabe a nós, mães e pais, a função de ficar atentos para dar equilíbrio às atividades de nossos filhos.

    beijos,
    Cris

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s