Cinedebate – Filme: Click – Frank Coraci

Olá leitores do Casa de Família!!!  Bem-vindos a mais um “No sofá da sala!!!”

Hoje iremos conferir uma sugestão dada pelo Marco, que tem tudo a ver com o tema da coluna dele: Família & Trabalho filmaço:

Click

Todos nós gostaríamos de ter um controle remoto da Vida, não? Imaginem pular as partes chatas apenas para saborear as mais interessantes…? Não seria interessante? … Será???

Trailer do filme em inglês:

Sinopse (fonte: Interfilmes):

Michael Newman (Adam Sandler) é um arquiteto workaholic que descobre um controle remoto universal. Em vez de controlar objetos eletrônicos, o objeto é capaz de controlar as situações em sua vida. Os problemas acontecem quando o objeto começa a controlar também as escolhas de Michael.

Para Refletir (fonte: Planeta Educação adaptado)

1- Consumimos, consumimos e consumimos. Mas realmente do que precisamos para atingir a felicidade? Será que a tão sonhada TV de última geração é o que nos fará chegar ao êxtase? Ou o carro do ano é que nos trará a alegria? Talvez aquela casa na praia ou as férias no exterior sejam as respostas aos nossos anseios… Seria interessante que nas escolas se fizesse um trabalho para o surgimento de gerações futuras de consumidores mais conscientes de seus direitos, responsabilidades e, principalmente, necessidades. E como um filme da estirpe de “Click” nos ajuda nesse quesito? A produção dirigida por Frank Coraci nos coloca em contato com a idéia de que a felicidade reside naquilo que compramos, no que podemos ter… E não no que realmente importa… Que tal incitar um projeto sobre o consumo consciente a partir de um debate tendo esse filme como base?

2- Família é a mais importante instituição humana. É em nossas casas que encontramos a segurança, o carinho, o apoio, a paz e o amor que precisamos (ou pelo menos deveria ser). Apesar disso, dedicamos menos tempo à família e, mesmo quando estamos em nossos lares, muitas vezes estamos distantes e alheios aos filhos e cônjuges, aos irmãos e aos pais. “Click” também coloca essa situação em destaque e ainda nos provoca a repensar as relações familiares. Pensemos sobre a nossa família.

3- Um trabalho interessante para ser realizado nas escolas tendo por base a tecnologia (evidenciada no filme a partir do controle remoto universal) seria fazer um levantamento da evolução dos equipamentos domésticos vivida pela humanidade nos últimos 30 ou 40 anos. Só para se ter uma idéia, no início dos anos 1970, ter uma televisão em casa era situação rara e vivida apenas por famílias abastadas. TV colorida então,… Hoje em dia, em casas de classe média para cima, há praticamente um aparelho em cada cômodo da casa. Como isso afeta as relações familiares? E os outros aparelhos, de que modo alteraram a rotina doméstica? Quais foram os benefícios da incorporação de tantos equipamentos? Quais regras ou melhor dizendo como eu poderia me colocar para ajudar minha família a viver mais unida mesmo com tantos utensílios que temos a disposição? Nós costumamos almoçar/jantar juntos para conversar ou deixamos a TV ligada?

4 – Quais coisas que eu deveria fazer com maior intensidade, como por exemplo aproveitar mais o tempo com os filhos, a família, amigos para eu não me arrepender depois?

Obs: O filme contém algumas cenas e vocabulário de baixo calão.

Link no IMDB: http://www.imdb.com/title/tt0389860/

Anúncios

Sobre Familia Guarita

Zé (José Armando - engenheiro civil) e Malu (Maria Lucia - médica fisiatra) se casaram em junho de 2009 na igreja Nossa Senhora do Brasil. Ao se inscreverem para casar nesta igreja, conheceram o pároco Pe Michelino, que os chamou para participar da Pastoral da Família. Durante seus 1 ano e 9 meses de noivado, e atuais 2 anos de casados, eles vem participando das palestras quinzenalmente, tal como de sua organização. "Estes 4 anos de participação na Pastoral da Família fizeram com que aprendêssemos muito e esperamos agora poder contribuir bastante com esse novo meio de aprendizado que é o blog Casa de Família"
Esse post foi publicado em No sofá da sala. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Cinedebate – Filme: Click – Frank Coraci

  1. Cristiane disse:

    Família Guarita e Marco:
    Muito boa indicação. Já assisiti a esse filme e gostei muito dos questionamentos que vocês apresentam acima!
    De fato, a tentação de poder controlar tudo, até mesmo os relacionamentos, é muito real no filme. Hoje em dia, temos que ter muito cuidado com a tecnologia à nossa disposição. Não vejo nada de errado em utilizar a tecnologia a nosso favor – aliás, muita coisa pode ser melhorada tendo em vista a tecnologia, a Internet (com os e-mails e sites como este), a telefonia celular e uma infinidade de aparelhos à nossa disposição.
    O perigo, porém, é deixar toda essa tecnologia controlar a gente! É não perceber que, às vezes, é preciso desligar o celular, a televisão, a Internet para aproveitar a vida familiar, o convívio com o conjuge e os filhos…
    Me deu vontade de ver o filme novamente!
    abraços e bom final de semana,
    Cristiane

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s