O PORQUÊ DAS CINZAS.

Na próxima semana estaremos em pleno clima de carnaval, iniciado na sexta feira próxima. É comum ouvirmos que o Brasil é o “país do carnaval”. Período que deveria ser de alegria, diversão, mas que infelizmente ao longo das últimas décadas, deixou de ser um encontro de folia familiar para se tornar um período de abusos, onde se romperam os limites da intimidade, e confundiu-se diversão com uma “liberação geral”, em que lembramos a frase de Dostoiévski:   “- Se Deus não existe, tudo é permitido.” Realmente, o carnaval passou a ser um período em que muitos se afastam de Deus, para que tudo seja permitido. Mas o carnaval termina na quarta-feira, que passou a ser um dia mais esquecido, e até aborrecido, porque acabou a folia e temos que voltar a normalidade,… É a quarta-feira de cinzas, que muitos falam sem sequer saber o que significa.

Inicia-se na quarta-feira de cinzas um período de quarenta dias, descontados os domingos, em que todos, que pertencem a Igreja Católica, devem se preparar para a Semana Santa. É o que se denomina Quaresma. E o porquê das cinzas? Para responder a esta questão é fundamental que se reflita para que se está se preparando. Disse que estaremos indo em direção a Semana Santa, época na qual se comemora a Paixão, Morte e Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo. É a celebração da nossa Redenção, em definitivo, para uma nova vida.

Para esta preparação inicia-se com um ato de reparação em relação às faltas cometidas, um ato de arrependimento. É a condição de se aproximar, ainda que indignamente, desta festa maior da Igreja que é a Páscoa do Senhor. Para tanto é preciso examinar-se intimamente, e daí ser o período de Quaresma uma época assinalada pela Igreja quando se deve procurar o Sacramento da Penitência ou Reconciliação de uma maneira mais intensa. Não quer dizer que se deva confessar somente na Quaresma, pelo contrário, este maravilhoso sacramento deve ser recorrido pelos católicos de modo freqüente para que possa mediante a sua graça propiciar o crescimento da vida interior. Não é necessário estar em pecado mortal para se confessar, mas fazer deste sacramento uma oportunidade de perceber de modo cada vez mais claro o que Deus espera de cada um, de aguçar olhos e ouvidos para enxergar e ouvir melhor o que Deus pede e revela.

Esta condição de atitude de arrependimento ao longo dos séculos foi muitas vezes associada, na história bíblica, ao uso de se cobrir de cinzas, que materializa duas condições do arrependido: primeiro a de revelar o aniquilamento do orgulho pessoal, da vaidade, da arrogância, que se opõe a necessidade da graça recebida de Deus e imprescindível para todo homem se realizar em plenitude no caminho que deve conduzi-lo ao longo da vida. Segundo, para que se lembre que “és pó e ao pó voltarás”. Em outras palavras, a materialidade é efêmera, e tudo que comporta a vida material se esvaece com a morte, restando o espírito que segue para eternidade. Não quer dizer que ao longo da vida não se deva cuidar do corpo, assim como de toda condição material necessária para viver dignamente, mas sem contudo se apegar a ponto de comprometer os objetivos de vida com esta “passagem” finita, e esquecer o compromisso com a eternidade para o qual foi criado.

Assim, na missa da quarta-feira de cinza o sacerdote colocará um punhado de cinzas na cabeça dos fiéis para que se recorde destas condições e se possa humildemente se introduzir na Quaresma.

Na próxima terça voltaremos a falar sobre esta preparação e assim entraremos decididamente no período da Quaresma.

Anúncios

Sobre vreginato

Casado e tem três filhos. Médico e Terapêuta de Família. Professor de Bioética, Históra da Medicina e Espiritualidade e Mediicna na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), membro do Centro de História e Filosofia das Ciências da Saúde da Unifesp, Coordenador da Pastoral da Família da Paróquia Nossa Senhora do Brasil
Esse post foi publicado em Palavra da Igreja. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para O PORQUÊ DAS CINZAS.

  1. Marco disse:

    Oi Valdir

    Mto oportuno seu post, sobre a quarta de cinzas. Nao eh dificil por ai que a quarta feira ” eh cinzas pra pedir desculpas da farra do carnaval” …
    Aguardo a continuacao…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s