Natal – Tempo de espera por Aquele que vem

O ano litúrgico da Igreja é iniciado a cada ano com o Tempo do Advento, levando-nos assim a meditar sobre a sublimidade do mistério da encarnação do Filho de Deus. No seu infinito amor pela humanidade, Deus envia seu Filho único para a salvação de todos. E para que esse plano de salvação pudesse se tornar realidade, Deus quis precisar de uma família, a Sagrada Família de Nazaré. Precisamos incutir isso na mente e no coração de nossos filhos, a começar da simples ação de montar um presépio no lar, recordando o verdadeiro sentido do Natal. Muitos símbolos são usados atualmente nas decorações de Natal, mas na grande maioria dos lugares o presépio é esquecido e o menino Deus perde seu lugar para o Papai Noel. E isto ocorre até mesmo em lares cristãos. Precisamos persistir na autêntica formação de nossos familiares, principalmente as crianças, para que possam crescer com firmeza sobre os alicerces da fé cristã. Nossos lares precisam ser lugares onde se favoreça a salvação que vem Deus, através de Jesus Cristo. Na Carta às Famílias (CF, 11), o Papa João Paulo II chamou a família de “Santuário da Vida”, ou seja, lugar sagrado onde a vida humana é gerada, cultivada e formada, sendo protegida em todas as suas fases até que possa desabrochar-se maduramente para a sociedade. Cada vez que um casal se abre a uma nova vida no seio de seu lar, revive essa dimensão sagrada da vocação matrimonial e passa a viver o período de gestação cheio de esperanças e expectativas de como será aquele novo ser. Pensam em detalhes, escolhem o nome, roupas, quarto, com quem será parecido, criam ansiedades para que seja saudável, entre outras. Mas em tudo isso prevalece o clima de uma boa expectativa. Analogamente devemos viver nosso Tempo de Advento favorecendo o clima de boa expectativa por Aquele que irá chegar, além de cuidar de preparar-lhe um bom lugar no coração. Festejar, preparar uma ceia, reunir a família são práticas recomendadas que proporcionam alegria a todos e também ao coração de Deus, mas não podemos fazê-lo prescindindo do principal que é a participação na Celebração Eucarística do Santo Natal, a partir da qual o Aniversariante é colocado no centro de todas as comemorações.

Uma ótima semana a todos com muita alegria na preparação ao Santo Natal!

Anúncios
Esse post foi publicado em Pais+Filhos. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Natal – Tempo de espera por Aquele que vem

  1. Pingback: No sofa da sala para comemorar o Natal – II « Casa de Familia

  2. vreginato disse:

    Heraldo

    A cada dia tenho mais certeza que precisamos recolher as suas meditações em um volume. Parabéns! E obrigado.

    Valdir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s